From growth hormone-releasing peptides to ghrelin: discovery of new modulators of GH secretion

From growth hormone-releasing peptides to ghrelin: discovery of new modulators of GH secretion

Título alternativo Dos peptídeos liberadores do hormônio de crescimento (HC) à ghrelina: descoberta de novos moduladores da secreção de HC
Autor Lengyel, Ana Maria Judith Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo Growth hormone (GH)-releasing hormone and somatostatin modulate GH secretion. A third mechanism has been discovered in the last decade, involving the action of GH secretagogues. Ghrelin is a new acylated peptide produced mainly by the stomach, but also synthesized in the hypothalamus. This compound increases both GH release and food intake. The relative roles of hypothalamic and circulating ghrelin on GH secretion are still unknown. Endogenous ghrelin might amplify the basic pattern of GH secretion, optimizing somatotroph responsiveness to GH-releasing hormone. This peptide activates multiple interdependent intracellular pathways at the somatotroph, involving protein kinase C, protein kinase A and extracellular calcium systems. However, as ghrelin induces a greater release of GH in vivo, its main site of action is the hypothalamus. In this paper we review the available data on the discovery of ghrelin, the mechanisms of action and possible physiological roles of GH secretagogues and ghrelin on GH secretion, and, finally, the regulation of GH release in man after intravenous administration of these peptides.

A secreção de hormônio de crescimento (HC) é modulada pelo hormônio liberador de HC e pela somatostatina. Na ultima década foi descoberto um terceiro mecanismo de controle, envolvendo os secretagogos de HC. A ghrelina é um peptídeo acilado, descoberto recentemente, que é produzido no estômago, porém também é sintetizado no hipotálamo. Este peptídeo é capaz de liberar HC, além de aumentar a ingestão alimentar. A ghrelina endógena parece amplificar o padrão básico de secreção de HC, ampliando a resposta do somatotrófo ao hormônio liberador de HC. Este peptídeo estimula múltiplas vias intracelulares interdependentes no somatotrófo, envolvendo a proteína quinase C, proteína quinase A e sistemas moduladores de cálcio extracelular. Entretanto, como a liberação de HC induzida pela ghrelina in vivo é mais acentuada que in vitro, seu local de atuação predominante é no hipotálamo. Nesse artigo apresentamos uma revisão sobre a descoberta da ghrelina, os dados existentes sobre os mecanismos de ação e possível papel fisiológico dos secretagogos de HC e da ghrelina na secreção de HC e, finalmente, os efeitos da administração endovenosa destes peptídeos sobre a secreção de HC no homem.
Palavra-chave Ghrelin
GH
Growth hormone secretagogues
GHS
Ghrelina
GH
Secretagogos de hormônio de crescimento
GHS
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2006-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 50, n. 1, p. 17-24, 2006.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 17-24
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302006000100004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302006000100004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2897

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302006000100004.pdf
Tamanho: 110.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta