Mãe adolescente vivenciando o cuidado do filho: um modelo teórico

Mãe adolescente vivenciando o cuidado do filho: um modelo teórico

Título alternativo Adolescent mother experiencing child care: a theoretic model
Madre adolescente y la experiencia de cuidar del hijo: un modelo teórico
Autor Andrade, Paula Rosemberg de Autor UNIFESP Google Scholar
Ribeiro, Circéa Amalia Autor UNIFESP Google Scholar
Ohara, Conceição Vieira da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Centro Assistencial Cruz de Malta
Faculdade Metropolitana Unida
Resumo The study aimed to comprehend the meaning for the adolescent mother of experiencing care with her child and the construction of a theoretic model that is representative of this experience. The strategies employed were participant observations and a semi-structured interview. Eight adolescent mothers who had become mothers between 15 and 19 years old took part in the study. The Symbolic Interactionism was adopted as a theoretic referential and the Data-Founded Theory as a methodological reference. The comparative analysis of data revealed that for the adolescent mother the experience of taking care of her child is driven by experiencing positive feelings, which provide the development of action and interaction strategies, in the sense of searching for resources to take care of her child the best way as possible.

Este estudio tiene por objeto comprender el significado que tiene para la madre adolescente vivenciar el cuidado de su hijo. Participaron del mismo, ocho madres adolescentes entre 15 y 19 años de edad. Las estrategias utilizadas para la recolección de datos fueron: la observación participante y la entrevista semi-estructurada. El Interacionismo Simbólico fue usado como referencial teórico y la Teoría fue Fundamentada en los Datos como referencial metodológica. El análisis comparativo de los datos permitió construir el modelo teórico Superando dificultades impulsada por la fuerza del amor revelando que, para la madre adolescente la experiencia de cuidar del hijo es impulsada por la vivencia de sentimientos que hacen con que desarrolle estrategias de acción e interacción buscando recursos para cuidar de su hijo de la mejor manera posible.

Este estudo objetivou compreender o significado que tem, para a mãe adolescente, vivenciar o cuidado de seu filho. Participaram do mesmo, oito mães adolescentes entre 15 e 19 anos de idade. As estratégias utilizadas para a coleta de dados foram: a observação participante e a entrevista semi-estruturada. O Interacionismo Simbólico foi usado como referencial teórico e a Teoria Fundamentada nos Dados como referencial metodológico. A análise comparativa dos dados permitiu construir o modelo teórico Superando dificuldades impulsionada pela força do amor revelando que a experiência de cuidar do filho para a mãe adolescente é impulsionada pela vivência de sentimentos que fazem com que desenvolva estratégias de ação e interação, buscando recursos para cuidar de seu filho da melhor maneira possível.
Palavra-chave Adolescent
Pregnancy in adolescence
Mother-child relations
Pediatric nursing
Adolescente
Gravidez na adolescência
Relações mãe-filho
Enfermagem pediátrica
Idioma Português
Data de publicação 2006-02-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 59, n. 1, p. 30-35, 2006.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 30-35
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672006000100006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672006000100006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2882

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-71672006000100006.pdf
Tamanho: 181.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta