Estudo comparativo entre nível de desconforto e reflexo acústico em trabalhadores

Estudo comparativo entre nível de desconforto e reflexo acústico em trabalhadores

Título alternativo Comparative study between the level of discomfort and the acoustic reflex in workers
Autor Bezerra, Francisca Magnólia Diógenes Holanda Google Scholar
Iorio, Maria Cecilia Martinelli Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade de Fortaleza Docente do Curso de Fonoaudiologia Mestre em Ciências dos Distúrbios da Comunicação Humana
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: comparative study between the level of discomfort and the acoustic reflex in workers. AIM: to observe the hearing behavior, through the assessment of the contraction activity of thestapedius muscle and the level of discomfort, of individuals who are and are not exposed to occupationalnoise, with the aim of identifying the influence of noise in the behavior of the contraction of thestapedius muscle and in the sensibility of hearing. METHOD: this study was developed at the ServiçoSocial da Indústria - SESI - Ce. A hundred and three adults with normal hearing, male and female, withages varying from 18 to 45 years were divided in three groups: G1 with 41 adults exposed to noise andwho used AIPE; G2 with 32 adults exposed to noise and who did not use AIPE; G3 with 30 adults whowere not exposed to noise. Participants were submitted to audiologic evaluation, including the analysisof the acoustic reflex level (ARL) and discomfort level (DL) at the frequencies of 500 HZ, 1000Hz,2000Hz, 3000Hz, 4000Hz and WN. For the statistical analysis the tests of Mann Whitney, Wilcoxonand Kruskal, with significance levels of 5%, were used. RESULTS: no statistically significant differencewas identified for the ARL between the three groups, with mean values ranging from 93 to 103dBHL;the ARL was significantly smaller than the DL, with the mean values of DL varying from 111 to 119dBHL for G1, from 113 to 120dBHL for G2 and from 106 to 114dBHL for G3; the DL is higher inindividuals of G1 followed by individuals of G2 and G3. CONCLUSION: the exposure to noise does notdetermine changes in the behavior of the ARL; the DL rises with the exposure to occupational noise;the DL is higher than the ARL in 10 to 25dB.

TEMA: estudo comparativo do nível do desconforto e do limiar do reflexo acústico em trabalhadores. OBJETIVO: observar o comportamento auditivo por meio da avaliação da atividade da contração do músculo estapédio e do nível de desconforto em pessoas expostas e não expostas a ruído ocupacional, com intuito de identificar alguma influencia do ruído no comportamento da contração do músculo estapédio e na sensibilidade auditiva. MÉTODO: o estudo foi desenvolvido no Serviço Social da Indústria - SESI Ceará. Foram selecionados 103 adultos com audição normal, de ambos os sexos, na faixa etária de 18 a 45 anos distribuídos em três grupos: G1 com 41 adultos expostos a ruído que utilizavam EPIA, G2 com 32 adultos expostos a ruído que não utilizavam EPIA e G3 composto por 30 adultos não expostos. Os indivíduos foram submetidos à avaliação audiológica, tendo sido analisado o LRA e ND nas freqüências de 500Hz, 1000Hz, 2000Hz, 3000Hz, 4000Hz e WN. A análise estatística foi realizada por meio dos testes de Mann Whitney, Wilcoxon e Kruskal com nível de significância em 5%. RESULTADOS: não houve diferença estatística significante entre os LRA obtidos nos três grupos, com valores médios de 93 a 103dBNA; o LRA foi significantemente menor que o ND, tendo valores médios para ND variando de 111 a 119dBNA no G1, de 113 a 120dBNA no G2 e 106 a 114dBNA no G3; o ND é maior nos indivíduos do grupo G1 seguidos pelos grupos G2 e G3. CONCLUSÕES: o ruído não determina alterações no comportamento do LRA; o ND é aumentado pela exposição ao ruído ocupacional; o ND é maior que o LRA de 10 a 25dB.
Palavra-chave Acoustic Reflex
Hearing
Hearing Threshold
Reflexo Acústico
Audição
Limiar Auditivo
Idioma Português
Data de publicação 2006-01-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 18, n. 1, p. 5-12, 2006.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 5-12
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872006000100002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872006000100002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2843

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872006000100002.pdf
Tamanho: 151.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta