Otomycosis in São Paulo

Otomycosis in São Paulo

Título alternativo Otomicose em São Paulo (Brasil)
Autor Zaror, Luis Conrado Google Scholar
Gompertz, Olga Fischman Autor UNIFESP Google Scholar
Suzuki, Fabio Akira Autor UNIFESP Google Scholar
Felipe, Ricardo Galvani Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidad Austral de Chile Facultad de Medicina Instituto de Microbiología Clínica
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo In view of the lack of researches on otomycoses in Brazil, we have tried to study their incidence, their clinical characteristics and the predisponent factors During one year, 22 suspected cases were seen, 20 of them corresponded to otomycosis infections. The most frequent species were Aspergillus niger (35%) and Candida albicans (20%). The genus Aspergillus represented 75% of the isolates. Itching and hyperaemia (70%), otalgia (65%), hipoacusia (50%) were the commonest signs. Lack of cerumen (70%) chronic otitis (30%) previous antibiotic therapy and eczema (25%) were the most outstanding predisponent factors.

Em vista da escassez de publicações sobre otomicoses no Brasil, foi projetada uma pesquisa para conhecer a incidência, características clínicas, fatores predisponentes e agentes etiológicos da micose. Durante um ano, 22 casos suspeitos foram estudados, 20 dos quais corresponderam à otomicoses. As espécies mais freqüentemente isoladas foram Aspergillus niger (35%) e Candida albicans (20%). O gênero Aspergillus representou 75% dos isolamentos. Os sinais clínicos mais comuns foram prurido e hiperemia (70%), otalgia (65%), hipoacusia (50%). Falta de cerumen (70%), otite crônica (30%), antibioticoterapia prévia e eczema (25%) foram os fatores predisponentes mais relevantes.
Palavra-chave Otomycosis
Aspergillus spp
Candida albicans
Idioma Inglês
Data de publicação 1991-06-01
Publicado em ZAROR, Luis Conrado et al . Otomycosis in São Paulo. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo, São Paulo , v. 33, n. 3, p. 169-173, jun. 1991
ISSN 0036-4665 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Instituto de Medicina Tropical
Extensão 169-173
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651991000300001
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:A1991FY68100001
SciELO S0036-46651991000300001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/282

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0036-46651991000300001.pdf
Tamanho: 241.9KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta