Emissões otoacústicas e sistema olivococlear medial: pacientes com zumbido sem perda auditiva

Emissões otoacústicas e sistema olivococlear medial: pacientes com zumbido sem perda auditiva

Título alternativo Otoacoustic emissions and medial olivocochlear system: patients with tinnitus and no hearing loss
Autor Mor, Rita Autor UNIFESP Google Scholar
Azevedo, Marisa Frasson de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Audiologia do Centro de Especialização em Fonoaudiologia Clínica
Resumo BACKGROUND: tinnitus. AIM: to compare the results of otoacoustic emissions for transitory stimulus (TEOAE) and the functioning of the olivocochlear medial system, in individuals with normal hearing sensibility, with and without tinnitus. METHOD: participants of this study were 60 subjects, with tonal thresholds and acoustic imitance measurements within normal standards, distributed in two groups: group one - 30 subjects with tinnitus and group two - 30 subjects without tinnitus, paired up by gender and age. Both groups were submitted to the TEOAE test, with and without the presence of white contralateral white noise at 60dB NPS. For the 19 subjects who presented unilateral tinnitus, TEOAE and suppression results were compared regarding the variables of side, taking in consideration the presence of tinnitus. RESULTS: in the group comparison, with and without tinnitus, there was no significant statistical difference for the incidence of TEOAE, response levels, and incidence of the suppression effect. Significant statistical difference was not observed between the right and left ears in the group with tinnitus. For the 19 subjects with unilateral tinnitus, a higher amplitude of the responses and a higher suppression incidence were observed for the right ear, as well as a higher incidence of tinnitus and a lower incidence of suppression for the left ear. CONCLUSION: there was no significant statistical difference for both TEOAE incidence and response levels, as well as for the functioning of the olivocochlear medial system between the subjects, with normal hearing sensibility, with and without tinnitus. For the subjects who presented unilateral tinnitus, the overall TEOAE reponse levels was significantly higher in the ear with no tinnitus and the olivocochlear medial system was significantly less efficient in the ear with tinnitus.

TEMA: zumbido. OBJETIVO: comparar os resultados das emissões otoacústicas transitório por estímulo (EOAT) e do funcionamento do sistema olivococlear medial, em indivíduos com sensibilidade auditiva normal, com e sem zumbido. MÉTODO: a casuística deste estudo foi composta por 60 sujeitos, com limiares tonais e medidas da imitância acústica dentro dos padrões da normalidade distribuídos em dois grupos: grupo um formado por 30 sujeitos com zumbido e grupo dois por 30 sujeitos sem zumbido, pareados por gênero e idade. Os dois grupos foram submetidos ao teste das EOAT com e sem ruído branco contralateral a 60dB NPS. Em 19 sujeitos que apresentavam zumbido unilateral comparou-se os resultados das EOAT e supressão em relação à variável lado, considerando-se o lado do zumbido. RESULTADOS: na comparação entre os grupos com e sem zumbido não houve diferença estatisticamente significante quanto à ocorrência das EOAT, à amplitude de resposta, e à ocorrência do efeito de supressão. Não se observou diferença estatisticamente significante entre as orelhas direita (OD) e esquerda (OE) no grupo com zumbido. Nos 19 sujeitos com zumbido unilateral, observou-se maior amplitude de resposta e maior ocorrência de supressão à direita e maior ocorrência de zumbido e menor ocorrência de supressão à esquerda. CONCLUSÃO: não houve diferença estatisticamente significante tanto na ocorrência e amplitude de respostas das EOAT quanto no funcionamento do sistema olivococlear medial entre os sujeitos, com sensibilidade auditiva normal, com e sem zumbido. Nos sujeitos que apresentaram zumbido unilateral, observou-se que a amplitude geral das EOAT foi maior na orelha sem zumbido e que o sistema olivococlear medial foi menos eficiente na orelha com zumbido de forma estatisticamente significante.
Palavra-chave Hearing
Auditory Pathways
Spontaneous Otoascoustic Emission
Tinnitus
Audição
Vias Auditivas
Emissões Otoacústicas Espontâneas
Zumbido
Idioma Português
Data de publicação 2005-12-01
Publicado em Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 17, n. 3, p. 283-292, 2005.
ISSN 0104-5687 (Sherpa/Romeo)
Publicador Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Extensão 283-292
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872005000300002
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0104-56872005000300002 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2805

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0104-56872005000300002.pdf
Tamanho: 45.99KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta