Microbiota conjuntival em pacientes com alergia ocular

Microbiota conjuntival em pacientes com alergia ocular

Título alternativo Conjunctival microbiota in patients with ocular allergy
Autor Libório, Alexandre Mattoso Google Scholar
Nishiwaki-Dantas, Maria Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Mimica, Lycia Mara Jenne Google Scholar
Dantas, Paulo Elias Correa Google Scholar
Hofling-Lima, Ana Luisa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas Departamento de Oftalmologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas Laboratório de Microbiologia
Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas setor de Córnea e Doenças Externas
Resumo PURPOSE: To evaluate de presence of conjunctival aerobic microbiota in patients with ocular allergy as compared to a control group. METHODS: One hundred and thirty-three patients were evaluated from April to June 2001 and divided into 2 groups. Sixty-three patients with allergic conjunctivitis (without medication) were in group A and 70 patients from the general outpatient clinic were in group B (control group). Samples from the conjunctival sac of the right eye were collected and cultured in solid media (blood, chocolate and Sabouraud agar). RESULTS: In group A, 30 cultures (47.7%) were positive and 6 (8.6%) in group B. Seven bacteria were isolated from group A and 4 from group B. Statistical analysis revealed significant association between positive cultures and allergic conjunctivitis. CONCLUSION: Bacterial microbiota was more frequently found in patients with ocular allergy.

OBJETIVO: Avaliar a presença de microbiota aeróbia da conjuntiva de portadores de alergia ocular e comparar a um grupo controle. MÉTODOS: Foram examinados 133 pacientes no período de abril a junho de 2001 divididos em 2 grupos. O grupo A foi composto de 63 portadores de conjuntivite alérgica (sem uso de medicação) e o grupo B de 70 pacientes do ambulatório geral (controle). Foram coletadas amostras do fundo de saco conjuntival do olho direito de todos os pacientes e o material foi semeado em meios sólidos de cultura (ágar sangue, chocolate e Sabouraud). RESULTADOS: No grupo A, 30 culturas (47,7%) foram positivas e no grupo B, 6 (8,6%). Sete bactérias foram isoladas no grupo A e 4 no B. A análise estatística revelou associação significante entre a positividade dos cultivos e conjuntivite alérgica. CONCLUSÃO: Microbiota bacteriana foi mais freqüentemente encontrada nos pacientes com alergia ocular.
Palavra-chave Conjunctivis, allergic
Conjunctiva
Keratoconjunctivitis
Colony count, microbial
Conjuntivite alérgica
Conjuntiva
Ceratoconjuntivite
Contagem de colônia microbiana
Idioma Português
Data de publicação 2005-12-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 68, n. 6, p. 824-827, 2005.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 824-827
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492005000600020
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492005000600020 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2793

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492005000600020.pdf
Tamanho: 48.25KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta