Nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos

Nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos

Título alternativo Noise level in a pediatric intensive care unit
Autor Carvalho, Werther Brunow de Autor UNIFESP Google Scholar
Pedreira, Mavilde da Luz Gonçalves Autor UNIFESP Google Scholar
Aguiar, Maria Augusta L. de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: The purpose of this study was to verify the noise level at a PICU. METHODS: This prospective observational study was performed in a 10 bed PICU at a teaching hospital located in a densely populated district within the city of São Paulo, Brazil. Sound pressure levels (dBA) were measured 24 hours during a 6-day period. Noise recording equipment was placed in the PICU access corridor, nursing station, two open wards with three and five beds, and in isolation rooms. The resulting curves were analyzed. RESULTS: A basal noise level variation between 60 and 70 dBA was identified, with a maximum level of 120 dBA. The most significant noise levels were recorded during the day and were produced by the staff. CONCLUSION: The basal noise level identified exceeds International Noise Council recommendations. Education regarding the effects of noise on human hearing and its relation to stress is the essential basis for the development of a noise reduction program.

OBJETIVO: Verificar o nível de ruídos em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos. MÉTODOS: Estudo observacional e prospectivo realizado em uma unidade de cuidados intensivos pediátricos de 10 leitos de um hospital universitário da cidade de São Paulo, Brasil. Os níveis de ruídos foram medidos por meio de equipamento instalado no corredor de acesso à unidade de cuidados intensivos pediátricos, posto de enfermagem, duas salas com três e cinco leitos, bem como nas unidades de isolamento. O equipamento utilizado foi calibrado para registrar a pressão do som em dBA, durante 24 horas, por 6 dias. Os dados foram analisados de acordo com as curvas gráficas registradas pelo equipamento. RESULTADOS: Foi identificado um nível basal de ruídos de 60 a 70 dBA, com pico de 120 dBA. Os níveis mais elevados foram identificados no período diurno, decorrentes da atividade e comunicação dos profissionais. CONCLUSÃO: Os níveis de ruídos identificados excederam as recomendações do International Noise Council, da Organização Mundial da Saúde. A educação sobre os efeitos prejudiciais de ruídos na audição humana e sua relação com o estresse constituem as bases para a implementação de programas de redução de ruídos.
Palavra-chave Critical care unit
noise
hospital environment
pediatric nursing
Unidade de cuidado intensivo
ruídos
ambiente hospitalar
enfermagem pediátrica
Idioma Português
Data de publicação 2005-12-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 81, n. 6, p. 495-498, 2005.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 495-498
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572005000800015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0021-75572005000800015 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2765

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572005000800015.pdf
Tamanho: 108.4KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta