Mulheres usuárias de álcool: análise qualitativa

Mulheres usuárias de álcool: análise qualitativa

Título alternativo Alcohol consumption among women: a qualitative analysis
Autor Nóbrega, Maria do Perpétuo Socorro de Sousa Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Eleonora Menicucci de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To assess life histories of alcohol consumption among women in specialized treatment center for alcohol dependency. METHODS: A qualitative study using a life-history approach was carried out in a sample comprising 13 women being treated in an alcohol and drug treatment and research outpatient clinic from May to August 2000. A focused/theme approach of their experience was used. Thirteen semi-structured interviews were performed and recorded for content analysis. RESULTS: The following categories were identified in the interviews transcribed: 1) Engaging in pleasant activities, as working and leisure, before alcohol abuse and dependency, 2) Lost of control over alcohol consumption and onset of clinical, social and family problems, 3) Harm perception motivating seeking out specialized treatment, 4) Need to recover self-esteem, 5) Acceptance and respect for specialized treatment and 6) Learning to live again: coping with dependency. CONCLUSIONS: Alcohol abuse women need special attention from health providers and their family, mostly to what concerns their emotional aspects and clinical problems and promotion of self-esteem. These actions should allow them to regain their social role aiming at assuring the ongoing recovery process.

OBJETIVO: Conhecer a história de vida da mulher usuária de álcool, inserida em tratamento especializado para dependência química, auto-referida. MÉTODOS: Pesquisa qualitativa, utilizando como estratégia metodológica a história de vida, realizada no período de maio a agosto de 2000. Participaram do estudo 13 mulheres em tratamento em ambulatório especializado de tratamento e pesquisa em álcool e drogas devido ao consumo alcoólico. Optou-se por uma abordagem focalizada/ temática do momento vivenciado pelas mulheres estudadas. Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas e gravadas para a Análise de Conteúdo. RESULTADOS: As leituras das entrevistas transcritas permitiram identificar as seguintes categorias: 1) Trabalho e lazer antes do uso nocivo e a dependência ao álcool; 2) Perda do controle sobre a bebida e o surgimento de comprometimentos clínicos, sociais e familiares; 3) Percepção dos prejuízos e a busca de tratamento especializado; 4) Necessidade de voltar a acreditar em si mesma; 5) Acolhimento e respeito ao tratamento especializado e; 6) (Re)aprendendo a viver: lidando com a dependência. CONCLUSÕES: A mulher usuária de álcool necessita de atenção especial por parte dos profissionais de saúde e familiares, sobretudo no que se refere aos aspectos emocionais, aos comprometimentos clínicos e a promoção da auto-estima. Esse conjunto de atenções possibilitam o resgate da cidadania, objetivando melhor continuidade do processo de recuperação.
Palavra-chave Women
Alcoholism
Life
Qualitative research
Mulheres
Alcoolismo
Vida
Pesquisa qualitativa
Idioma Português
Data de publicação 2005-10-01
Publicado em Revista de Saúde Pública. Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, v. 39, n. 5, p. 816-823, 2005.
ISSN 0034-8910 (Sherpa/Romeo)
Publicador Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Extensão 816-823
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000500018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-89102005000500018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2724

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-89102005000500018.pdf
Tamanho: 52.58KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta