Aplicação de toxina botulínica tipo A para reduzir a saliva em pacientes com esclerose lateral amiotrófica

Aplicação de toxina botulínica tipo A para reduzir a saliva em pacientes com esclerose lateral amiotrófica

Título alternativo Application of botulinum toxin to reduce the saliva in patients with amyotrophic lateral sclerosis
Autor Manrique, Dayse Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo AIM: To demonstrate the effect of local application of Botox® in patients with amyotrophic lateral sclerosis (ALS), following our 2002 institutional protocol of sialorrhea treatment. STUDY DESIGN: Clinical prospective. MATERIAL AND METHOD: Five patients with ALS assisted at Clinic of Otolaryngology of AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente). They were all submitted to local application of Botox® in salivary glands and followed up for a year. The protocol consisted of clinical questionnaire about the inability of swallowing saliva and its repercussions in quality of life. Patients were submitted to previous odontological treatment, had intolerance to the adverse effects of anti-cholinergic agents and had not used Botox® for at least six months. The application was guided by ultrasound and the doses were 30U in one point for submandibular gland, and 20U in two points for each parotid gland, after topic anesthetic with prilocaine. RESULTS: Five patients with ALS with sialorrhea, aged 45 to 59 years, were submitted to Botox® salivary glands application. We observed that the symptoms of sialorrhea changed dramatically in four patients. Three patients stayed almost four months without complaints with repercussion in quality of life. No patient presented local or systemic effects with local injection of Botox®.

OBJETIVO: Demonstrar o efeito da aplicação local Botox® em glândulas salivares de pacientes com diagnóstico de esclerose lateral amiotrófica (ELA), seguindo nosso protocolo institucional de tratamento da sialorréia de 2002. FORMA DE ESTUDO: Clínico prospectivo. MATERIAL E MÉTODO: Cinco pacientes com ELA avaliados na Clínica de Otorrinolaringologia da AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente) foram submetidos à aplicação tópica de Botox® nas glândulas salivares e acompanhados por um ano. O protocolo consiste num questionário clínico sobre as habilidades de deglutir saliva e as repercussões na qualidade de vida. Os pacientes deveriam ter tratamento odontológico prévio, intolerância aos efeitos adversos dos anti-colinérgicos, e ausência de aplicação de. Botox® em outros sítios por pelo menos seis meses. A aplicação foi guiada por ultra-sonografia para as glândulas submandibulares e a dose administrada foi de 30U em um ponto, e 20U em cada glândula parótida distribuída em dois pontos, após anestesia tópica com prilocaína. RESULTADOS: Cinco pacientes com ELA, com idade entre 45 e 59 anos foram submetidos ao tratamento de redução de saliva pela aplicação de Botox® em glândulas salivares. Nós observamos que os sintomas de sialorréia melhoraram dramaticamente em quatro pacientes. Três pacientes permaneceram quatro meses sem queixas, com acentuada melhora na qualidade de vida. Nenhum paciente apresentou efeitos colaterais locais ou sistêmicos com a aplicação de Botox® em glândulas salivares. Nós observamos que os sintomas de sialorréia melhoraram dramaticamente em quatro pacientes. Três pacientes permaneceram quatro meses sem queixas, com acentuada melhora na qualidade de vida. Nenhum paciente apresentou efeitos colaterais locais ou sistêmicos com a aplicação de Botox® em glândulas salivares.
Palavra-chave salivary glands
botox
sialorrhea
dysphagia
neuropathy
ALS
glândulas salivares
botox
sialorréia
disfagia
neuropatias
ELA
Idioma Português
Data de publicação 2005-10-01
Publicado em Revista Brasileira de Otorrinolaringologia. ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial, v. 71, n. 5, p. 566-569, 2005.
ISSN 0034-7299 (Sherpa/Romeo)
Publicador ABORL-CCF Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial
Extensão 566-569
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-72992005000500004
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-72992005000500004 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2719

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-72992005000500004.pdf
Tamanho: 79.43KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta