Drifter technique: a new method to obtain metaphases in Hep-2 cell line cultures

Drifter technique: a new method to obtain metaphases in Hep-2 cell line cultures

Autor Lima, Eleonidas Moura Google Scholar
Rissino, Jorge Dores Google Scholar
Guimarães, Adriana Costa Google Scholar
Overal, David James Google Scholar
Khayat, André Salim Google Scholar
Souza, Patrícia Carvalho de Google Scholar
Christofolini, Denise Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Smith, Marilia de Arruda Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Burbano, Rommel Rodríguez Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Pará Centro de Ciências Biológicas Departamento de Biologia
Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal do Pará Centro de Ciências Biológicas Departamento de Genética
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The Hep-2 cell line is derived from laryngeal carcinoma cells and is often utilized as a model in carcinogenesis and mutagenesis tests. To evaluate the proliferative potential of this line, we developed a cytogenetic methodology (drifter technique) to obtain metaphases from cells that loose cellular adhesion when they underwent mitosis in culture. By this procedure, 2000 cells were counted, resulting in a mitotic index (MI) of 22.2%. Although this MI was not statistically different from the one obtained using either a classical cytogenetic method or a cell synchronization technique, the drifter technique has the advantage of not requiring the use of some reagents for the obtention of metaphases and also of diminishing the consumption of maintenance reagents for this cell line.

A linhagem celular Hep-2 é formada por células de carcinoma da laringe e é muito utilizada em modelos de carcinogênese e mutagenêse. Para avaliar o potencial proliferativo desta linhagem, desenvolvemos uma metodologia citogenética (técnica do sobrenadante) para obtenção de metáfases a partir de células que, ao entrarem em mitose, perdem adesão celular, ficando em suspensão no meio de cultura. Através deste procedimento, foram contadas 2000 células, correspondendo a um índice mitótico (IM) de 22.2% . Apesar de o IM obtido por esta técnica não ter sido estatisticamente diferente do IM obtido por outras metodologias citogenéticas clássicas, a técnica do sobrenadante é vantajosa porque elimina o uso de alguns reagentes utilizados na obtenção de metáfases e também diminui o consumo de reagentes de manutenção desta linhagem.
Palavra-chave Hep-2 cell line
drifter technique
mitotic index
Idioma Inglês
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2005-07-01
Publicado em Brazilian Archives of Biology and Technology. Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar, v. 48, n. 4, p. 537-540, 2005.
ISSN 1516-8913 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Instituto de Tecnologia do Paraná - Tecpar
Extensão 537-540
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-89132005000500005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000231670600005
SciELO S1516-89132005000500005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2590

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-89132005000500005.pdf
Tamanho: 112.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta