Estudo da regeneração esplênica autóloga e heterotópica em ratos

Estudo da regeneração esplênica autóloga e heterotópica em ratos

Título alternativo Antologus and heterotopic splenic regeneration in rats
Autor Souza, José Carlos Lacerda De Google Scholar
Athiê, Emilio Google Scholar
Marigo, Carlos Google Scholar
Rahal, Fares Google Scholar
Fagundes, Djalma José Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Santa Casa de São Paulo Faculdade de Medicina
Universidade Estadual de Londrina
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: verify the cytological and histological aspects of the regeneration of fragments of autologous and heterotopic spleen implanted in peritoneal cavity and subcutaneous screen in Wistar albino rats. METHODS: forty four Wistar rats were assigned to one of two groups A(n=22) and B(n=22), which received their implants in subcutaneous screen and peritoneal cavity, respectively, under anesthesia. Those groups were redistributed in two other subgroups A1 (n=11) and B1(n=11), which received one and four splenic fragments in the areas of study. The remaining spleen was guided for cytological and histological processing, and was used as a control group. After five weeks, they were submitted to euthanasia, and peritoneal cavity opening took place as well as subcutaneous screen was taken off in order to search for regenerated splenic tissue. Cytological and histological assessment in the regenerated splenic tissue was performed, and the results were compared to the control group. Statistical analysis no parametric tests (p=>0,05) were used for. RESULTS: there were no statistically significant differences in relation to regenerated splenic tissue in subcutaneous screen (n=22) and the peritoneal cavity (n=22). In relation between presence and absence of regeneration, they're no statistically significant differences (p=0,182). Cytological and histological assessment did not show any statistically significant difference in relation to the control group. CONCLUSION: regeneration of autologous and heterotopic splenic tissue in mice is viable, and occurs frequently. Cytological and histological aspects are similar to normal spleen.

OBJETIVO: estudar a regeneração esplênica dos fragmentos de baço autólogos e heterotópicos implantados na cavidade peritoneal e na tela subcutânea em ratos e comparar os seus aspectos histológicos e citológicos com baço normal. MÉTODOS: 44 ratos Wistar foram submetidos a esplenectomia e receberam fragmentos de auto-implante: GA = na tela subcutânea (n=22) e GB na cavidade peritoneal (n=22). GAI (n=11) e GAII (n=11) receberam implante de fragmento único. GBIII (n=11) e GBIV (n=11) receberam implantes de quatro fragmentos. O baço remanescente foi usado como controle. Após 5 semanas de foram submetidos à eutanásia e foram investigados os aspectos macroscópicos e microscópicos (histológicos e citológicos) dos fragmentos nos seus locais de implante. Os resultados foram submetidos a testes estatísticos não paramétricos(p>0,05). RESULTADOS: Não houve diferença estatística significante entre o grupo que recebeu implante na tela subcutânea (n=22) e o grupo da cavidade peritoneal (n=22). Quanto à presença ou ausência de tecidos esplênicos regenerados (p=0,182), também não apresentou diferença com significância estatística. Os estudos histológicos e citológicos do tecido regenerado não evidenciaram diferenças em relação ao grupo controle. CONCLUSÃO: A regeneração do tecido esplênico autólogo e heterotópico em ratos ocorre nas mesmas proporções tanto na tela subcutânea como na cavidade peritoneal. Os aspectos histológicos e citológicos são semelhantes aos do baço normal.
Palavra-chave Spleen
Transplant
Splenosis
Wistar rats
Baço
Transplante esplênico
Esplenose
Idioma Português
Data de publicação 2005-06-01
Publicado em Acta Cirurgica Brasileira. Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia, v. 20, n. 3, p. 253-257, 2005.
ISSN 0102-8650 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira para o Desenvolvimento da Pesquisa em Cirurgia
Extensão 253-257
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-86502005000300011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-86502005000300011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2583

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-86502005000300011.pdf
Tamanho: 98.51KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta