Introdução da sacarose no plano alimentar de portadores de diabetes mellitus tipo 1: sua influência no controle glicêmico

Introdução da sacarose no plano alimentar de portadores de diabetes mellitus tipo 1: sua influência no controle glicêmico

Título alternativo Introduction of sucrose in the diet plan of persons with type 1 diabetes: its influence in the glycemic control
Autor Costa, Paula Cristina A. da Autor UNIFESP Google Scholar
Franco, Laercio Joel Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de São Paulo (USP)
Resumo To evaluate the influence of sucrose intake in the glycemic control, ten adolescents with type 1 diabetes were followed during eight months. Initially, they received personalized orientation on diet, self monitoring blood glucose and insulin dose adjustment; after four months, all patients introduced sucrose in their afternoon meals, throught the method of carbohydrate counting. Total cholesterol and triglycerides levels were measured in the beginning and in the final of the study. Hemoglobin A1C levels were measured in the beginning, after four months without and after four months with intake of foods with sucrose. All patients showed adequate pubertal development and growth; two had overweight and the others were eutrophic. After four mounths of follow up, the frequency of self monitoring blood glucose was reduced (p< 0.001). Total cholesterol and triglycerides values were in the normal range and A1C values decreased during the observed period (p= 0.027). Conclusion: the consumption of foods with sucrose, using the technique of carbohydrate counting, did not affect the metabolic control of adolescents with type 1 diabetes.

Para avaliar a influência da introdução da sacarose no controle glicêmico, dez adolescentes com diabetes tipo 1 foram acompanhados durante oito meses. Inicialmente, receberam orientação individualizada sobre dieta, automonitorização da glicemia, ajuste da dose de insulina e, a partir do quarto mês, iniciou-se a introdução de alimentos com sacarose, através da técnica de contagem de gramas de carboidratos, no lanche vespertino. O colesterol total e triglicérides foram dosados no início e no final do estudo e a hemoglobina A1C no início, após quatro meses sem e após quatro meses com consumo de sacarose. Todos os participantes apresentaram desenvolvimento puberal e crescimento adequados; dois possuíam sobrepeso e os demais eram eutróficos. A freqüência da automonitorização diminuiu após quatro meses de acompanhamento (p< 0,001). Os valores de colesterol total e triglicérides estiveram dentro da normalidade e os valores da A1C diminuíram durante o seguimento (p= 0,027). Conclusão: o consumo de alimentos com sacarose, utilizando a técnica de contagem de gramas de carboidratos, não comprometeu o controle metabólico dos adolescentes com diabetes tipo 1.
Palavra-chave Type 1 diabetes
Nutritional education
Sucrose
Life quality
Diabetes mellitus tipo 1
Educação nutricional
Sacarose
Qualidade de vida
Idioma Português
Data de publicação 2005-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 49, n. 3, p. 403-409, 2005.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 403-409
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302005000300012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27302005000300012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2534

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302005000300012.pdf
Tamanho: 107.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta