O sono em transtornos psiquiátricos

O sono em transtornos psiquiátricos

Título alternativo Sleep in psychiatric disorders
Autor Lucchesi, Ligia Mendonça Autor UNIFESP Google Scholar
Pradella-Hallinan, Márcia Lurdes de Cássia Autor UNIFESP Google Scholar
Lucchesi, Mauricio Google Scholar
Moraes, Walter André dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade de Medicina de Taubaté Faculdade de Medicina
Resumo Altered sleep patterns are prominent in the majority of psychiatric disorders. This article examines the psychiatric disorders that are most often associated to sleep dysfunction as it is related in clinical practice and describes the polysomnographic findings. Patient's main complaints are related to difficulty in initiating and maintaining sleep (initial or middle insomnia, respectively) and poor quality of sleep. Early awakening or terminal insomnia is most described in the depressive conditions. Hypersomnia may be the main symptom in some depressive disorders, as seasonal depression, depression with atypical features or depressive episodes in bipolar disorder. Polysomnographic evaluation shows, in general, a significative reduction in the efficiency and total time of sleep, in detriment to the amount of slow wave sleep. The reduction of rapid eye movement (REM) sleep latency is mainly described for the depression, but has also been reported in other psychiatric disorders.

O achado de padrões alterados de sono é notável na maioria dos transtornos psiquiátricos. Neste artigo são abordados os transtornos psiquiátricos que mais freqüentemente apresentam alterações de sono na prática clínica e a descrição dos achados polissonográficos. As queixas mais freqüentes dos pacientes são relacionadas à dificuldade para iniciar e manter o sono (insônia inicial e de manutenção, respectivamente) e sono não reparador, observadas na maioria dos transtornos. A insônia terminal ou despertar precoce é mais relacionada a quadros depressivos. A hipersonia pode aparecer em alguns quadros de depressão como sazonal, atípica ou em transtornos bipolares. Em relação aos achados polissonográficos, temos, em geral, redução significativa da eficiência e do tempo total do sono à custa da redução do sono de ondas lentas. A redução da latência para o sono de movimentos oculares rápidos (REM) é descrita principalmente para os quadros depressivos, mas pode aparecer em outras patologias.
Palavra-chave Sleep disorders
Sleep, REM
Depressive disorders
Attention deficit disorders with hyperactivity
Polysomnography
Sleep initiation and maintenance disorders
Distúrbios do sono
Sono REM
Transtornos depressivos
Transtorno da falta de atenção com hiperatividade
Polissonografia
Distúrbio do início e da manutenção do sono
Idioma Português
Data de publicação 2005-05-01
Publicado em Revista Brasileira de Psiquiatria. Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP, v. 27, p. 27-32, 2005.
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 27-32
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462005000500006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-44462005000500006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2514

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462005000500006.pdf
Tamanho: 74.40KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta