Use of the same polymer for synthesis and purification of peptides

Use of the same polymer for synthesis and purification of peptides

Autor Silva, Elias Horacio da Autor UNIFESP Google Scholar
Etchegaray, Augusto Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Regina S. H. Autor UNIFESP Google Scholar
Jubilut, Guita Nicolaewsky Autor UNIFESP Google Scholar
Miranda, Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Nakaie, Clovis Ryuichi Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This work reveals an uncommon but valuable biotechnological approach regarding the use of a same polymer (benzhydrylamine-resin, BHAR) for synthesis and anion exchange purification of peptides. Initially, the octapeptide DRVYIHPF-NH2 was synthesized in 1% and 3% cross-linked BHAR, attaching 2.5 mmol g-1 ammonium groups. Due certainly to its less rigid polymeric backbone, higher synthesis yield (about 80%) was achieved with the former resin. Next, the negatively charged peptides DEVYEHPF-NH2 and DEVYEDPF-NH2 (-1 and -3 in neutral pH, respectively), both synthesized in 1% BHAR were submitted to chromatographic separation test in this same type of resin (1% and 3%). Following comparative results of peptide synthesis and swelling data of resin beads obtained by microscopy, an improved separation of both peptides occurred with 1% BHAR batch. These findings demonstrated that BHAR applied so far for peptide synthesis, when containing high amount of positively charged ammonium groups, can be also used alternatively as a solid support for chromatographic purification of this type of biological molecule.

Este trabalho revela uma estratégia biotecnológica incomum mas valiosa e relacionada com o uso de um mesmo polímero (benzidrilamino-resina, BHAR) para fins de síntese e purificação por troca aniônica de peptídeos. Inicialmente, o octapeptídeo DRVYIHPF-NH2 foi sintetizado em BHAR com 1% e 3% de intercruzamento e contendo 2,5 mmol g-1 de grupos amônio. Devido certamente a uma menor rigidez da sua estrutura polimérica, um maior rendimento na síntese (cerca de 80%) foi obtido com a primeira resina. A seguir, os peptídeos DEVYEHPF-NH2 e DEVYEDPF-NH2 carregados negativamente (-1 e -3 em pH neutro, respectivamente), ambos sintetizados em 1% BHAR, foram submetidos a um teste de separação cromatográfica no mesmo tipo de resina (1% e 3%). Concordante com resultados da síntese de peptídeos e de valores de inchamento dos grãos das resinas, obtidos por microscopia, uma melhor separação entre ambos os peptídeos ocorreu com o lote de 1% BHAR. Estes achados demonstraram que a BHAR, aplicada até o momento somente para a síntese peptídica, se contiver elevado teor de grupos amônio positivos, pode ser utilizada alternativamente como suporte sólido para purificação cromatográfica deste tipo de molécula biológica.
Palavra-chave peptide synthesis
resin
anion exchange chromatography
polymer
solvent polarity
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Data de publicação 2005-04-01
Publicado em Journal of the Brazilian Chemical Society. Sociedade Brasileira de Química, v. 16, n. 2, p. 171-178, 2005.
ISSN 0103-5053 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Química
Extensão 171-178
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0103-50532005000200008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000229044100008
SciELO S0103-50532005000200008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/2499

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0103-50532005000200008.pdf
Tamanho: 248.7KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta