Infeccao cronica pelo virus da hepatite C em portadores de insufiCiência renal cronica em hemodialise

Infeccao cronica pelo virus da hepatite C em portadores de insufiCiência renal cronica em hemodialise

Título alternativo Chronic hepatitis C virus infection in hemodialysis patients: relationship between levels oa alanine aminotransferase and gamma glutamyltransferase with histological findings
Autor Bisio, Alessandra Porto de Macedo Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A hepatite C e a causa principal de doenca hepatica nos pacientes em hemodialise (HD). Ha poucos dados na literatura referentes a relacao entre niveis sericos das enzimas alanina aminotransferase (ALT) e gama glutamiltransferase (GGT) e achados histologicos hepaticos em portadores de insufiCiência renal cronica (IRC) em HD com infeccao cronica pelo virus da hepatite C (HCV). Nesses pacientes, marcadores indiretos nao invasivos, que dispensassem a realizacao de biopsia hepatica, seriam importantes para determinar a gravidade da doenca hepatica. Objetivos: Avaliar em portadores de IRC em HD com infeccao cronica pelo HCV: 1. a relacao entre os niveis sericos da ALT e GGT e os achados histologicos a biopsia hepatica; 2. a acuracia destas enzimas em identificar graus mais avancados de estadiamento (E) e mais intensos de atividades necro-inflamatorias periportal (APP) e parenquimatosa (AP). Material e Metodos: Foram incluidos, retrospectivamente, pacientes em programa de HD com infeccao cronica pelo HCV, caracterizada pela presenca de HCV-RNA no soro e que apresentassem determinacoes da ALT e GGT registradas no prontuario, assim como fragmento adequado de biopsia hepatica para analise histologica. As enzimas foram categorizadas em normais (<_1x LSN) e elevadas (>1x LSN) e associadas aos seguintes achados histologicos: graus de E, de APP e de AP, marcadores etiologicos da infeccao pelo HCV e siderose hepatica. Foram determinados sensibilidade, especificidade , valor preditivo positivo (VPP), valor preditivo negativo (VPN) e acuracia de niveis elevados das duas enzimas na deteccao de graus mais avancados de estadiamento (>_ 2), de APP (>_ 2) e de AP (>_ 2). Resultados: Foram avaliados 113 pacientes, 65 por cento do sexo masculino. A media da idade foi 44 anos. Os indices de atividade da ALT e da GGT estavam acima do normal em 47 por cento e 69 por cento, respectivamente. A analise histologica demonstrou figado normal em 1 paciente (1 por cento), figado reacional em 22 pacientes (19 por cento), HCP em 32 pacientes (28 por cento), HCA em 57 pacientes (51 por cento) e cirrose hepatica em 1 paciente (1 por cento). Dentre os pacientes com HCA, 43 (74 por cento) apresentavam graus discretos de atividade. Graus de E >_ 2 foram encontrados em 18 pacientes (16 por cento), enquanto marcadores etiologicos da infeccao pelo HCV foram descritos em 42 (37 por cento). Siderose hepatica foi observado em 89 pacientes (79 por cento). Houve associacao entre niveis elevados de ALT com graus mais avancados de E, graus mais intensos de APP e AP; assim como entre niveis elevados de GGT com os mesmos graus de E e de APP. No Quadro, sao apresentados os valores de sensibilidade, especificidade, VPP, VPN e acuracia destes achadosa(au)
Palavra-chave ALANINA TRANSANINASE
gama-Glutamiltransferase
Hepatite C
Insuficiência Renal Crônica
Diálise Renal
Idioma Português
Data de publicação 2003
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2003. 105 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 105 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24654

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta