A atenção domiciliar e o psicólogo: experiências, apontamentos para a formação e indícios para uma clínica

A atenção domiciliar e o psicólogo: experiências, apontamentos para a formação e indícios para uma clínica

Título alternativo Home care and the psychologist: experiences, notes for development and indication for clinic action
Autor Pires Junior, Vladimir Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Seiffert, Otilia Maria Lúcia Barbosa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo [UNIFESP]
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – São Paulo
Resumo O estudo assumiu como objetivo geral a investigação das experiências do psicológo em programas de atenção domiciliar, no sistema público de saúde. No âmbito dos objetivos específicos, apreender suas experiências quando integrado a equipe multiprofissional em programas de atenção domiciliar e identificar os requisitos que consideram necessários para qualificar a atuação profissional neste contexto. A investigação foi desenvolvida junto a psicólogos com experiências de atuação em duas modalidades do serviço de atenção domiciliar (assistência domiciliar e programa em saúde da família) no sistema público de saúde, sem referências as instituições. A abordagem qualitativa estruturou o estudo e os procedimentos rnetodológicos seguiram os passos: pesquisa bibliográfica, para conhecimento das publicações científicas quanto a relação entre atenção domiciliar e psicologia, e apreensão de referencial teórico na perspectiva de "processos histórico-culturais de produção de subjetividades, "transdisciplinaridade", utilizado como referência na análise dos dados; revisão documental, de legislação e normatizações profissionais que colaborassem para as discussões e; coleta de dados empíricos, segundo o método biográfico (história de vida temática) de pesquisa, entrevista, orientada por urn roteiro de questões e, caderno de notas de campo. A análise dos dados se deu na perspectiva da Análise Temática de Conteúdo. A produção final demonstra que a atenção domiciliar e um campo recente de práticas em saúde marcado pelo desenho sociopolítico contemporâneo denominado "sociedade de controle"; que o psicólogo chega nesse contexto pautando suas atuações no modele romântico-liberal¬disciplinar e experimenta desterritorialização teórico-técnica nas ações "a céu aberto" e na relação com a equipe de saúde; constata que a "experiência" e norteadora das intervenções; que os referenciais da prática clínica-intimista são reconsiderados e o repertório interventivo ampliado; as qualificações apontadas sugerem que e necessário ao psicólogo flexibilizar seus aportes teóricos e criar, baseado na experiência, novas ferramentas interventivas; privilegiar intervenções clínicas concisas; disponibilidade para atuar em equipe; ampliar o arcabouço teórico-¬técnico interventivo e capacidade para suportar as ressonâncias do sofrimento presente no contexto. 0 aporte teórico discutido com os dados demonstra que a desnaturalização do saber possibilita ao psicólogo capacidade crítica para analisar os discursos presentes em suas intervenções e a que processos de subjetivação favorecem, bem como das bases ético-epistemológicas dos saberes vigentes na área da saúde; que a transdisciplinaridade favorece a afetação entre as disciplinas, possibilitando outros arranjos teórico-técnicos para exercício das práticas psicológicas na atualidade. Por fim, foi elaborada uma proposição, que se pretende produto desta pesquisa, intitulada "indícios para uma clínica na atenção domiciliar"..

The general aim of this study was to investigate the psychologist‟s perceptions and experiences in their practice with a multiprofessional team regarding the home care field in the health public system. Among the specific objectives, we may mention: to apprehend their experiences and to identify the most important conditions considered as crucial to qualify their professional practice in this context. This investigation was carried out with psychologists from different practices in relation to two modalities of the home care service (home assistance and family health program) in the public health system, without any reference to the institutions. A qualitative approach structured our study and the methodological procedures were as follows: bibliographic review to understand theoretical approaches, from a historic-cultural processes of subjectivity production, “transdisciplinarity”, used as reference in data analysis: documental analysis, of legislation review and professional normatizations which could collaborate with discussions and; empirical data collection, according to the biographic method (thematic history of life) of research, interview, script oriented- questions and a field notebook . Data analysis was based on the perspective of Thematic Analysis of the Content. The final production showed that home care is a recent field of health practices, characterized by its inscriptions in the contemporaneous sociopolitical design , society of control; the psychologist arrives in this context based on the romantic-liberal-disciplinary model and experiments theoretical-technical deterritorialization in the “open sky” actions and in the relationship with the health staff; assuming that the “practice” is a guide for interventions, that referentials in the clinic intimist practice are reconsidered and the interventive speech was expanded; the mentioned qualifications suggest that the psychologist needs to be flexible on their theoretical approaches and to create, based on their experience, new instruments; to favor concise clinical interventions; availability to act as a team; to build up their interventive theoretical-technical background and the ability to support suffering resonances present in this context. The theoretical support discussed with data showed that knowledge transformation gave the psychologist the critical ability to analyze speeches present on their interventions and which subjectivity process it favors, as well as the ethic-epistemological basis of the present knowledge in the health area; also, the transdisciplinarity favors the involvement among different disciplines allowing other theoretical arrangements for the psychological practices in the contemporary. At last, one proposal were elaborated as products of this study: indication for a clinic action in home care.
Palavra-chave Psicologia
Psicólogos
Sistemas de saúde
Setor público
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em PIRES JUNIOR, Vladimir. A atenção domiciliar e o psicólogo: experiências, apontamentos para a formação e indícios para uma clínica. 2008. 148 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde). Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2008.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 147 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24332

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-11239.pdf
Tamanho: 1.297MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta