Repercussão orgânica da pressão do pneumoperitônio artificial elevada para Introdução do primeiro trocarte.

Repercussão orgânica da pressão do pneumoperitônio artificial elevada para Introdução do primeiro trocarte.

Título alternativo Clinical repercussions of the high pressure artificial pneumoperitoneum for the first trocarte introduction
Autor Hypólito, Octavio Henrique Mendes Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Azevedo, João Luiz Moreira Coutinho de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ciência cirúrgica interdisciplinar
Resumo Objetivos: Avaliar as repercussões clínicas, hemodinâmicas, gasométricas e metabólicas das altas pressões transitórias do pneumoperitônio por curto período de tempo. Métodos: Após a aprovação do CEP e a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido, foram estudados 67 pacientes submetidos a procedimentos videolaparoscópicos e aleatoriamente distribuídos em grupo P12: n=30 (pressão intraperitoneal [PIP] de 12mmHg) e grupo P20: n=37 (PIP de 20mmHg). Os pacientes receberam anestesia geral e ventilação controlada mecânica segundo o protocolo. Em momentos predeterminados foram avaliados a freqüência cardíaca (FC); a saturação de oxigênio arterial (SaO2), pela oximetria de pulso; a concentração final de gás carbônico (CO2) expirado (EtCO2), por capnometria; a pressão arterial média (PAM), por cateterismo da artéria radial; a pressão intratraqueal (PIT) e, mediante gasometria, a pressão parcial de oxigênio arterial (PaO2), a pressão parcial de CO2 arterial (PaCO2), o bicarbonato (HCO3) e a reserva alcalina (BE). Os momentos considerados foram: M0 = sem pneumoperitônio; M1 = PIP atinge 12mmHg em ambos os grupos; M2 = após 5 minutos com PIP de 12mmHg em P12 e após 5 minutos com PIP de 20mmHg em P20; M3 = após 10 minutos com PIP de 12mmHg em P12 e com PIP retornada para 12mmHg, contados 10 minutos após M1 em P20. Foram consideradas alterações clínicas aqueles valores diferentes dos considerados normais para os parâmetros aquilatados, ou o surgimento de fenômenos orgânicos atípicos, indicativos da presença de doença orgânica. Resultados: Ocorreram diferenças estatísticas significantes no grupo P20 na FC, PAM, EtCO2, PIT, pH, HCO3 e da BE. Não foram evidenciadas alterações clínicas. Conclusão: Pressão intra-abdominal alta (20mmHg) e transitória (5 minutos) para inserção do primeiro trocarte causa alterações da FC, PAM, EtCO2, PIT, pH, HCO3 e da BE sem que haja nenhuma repercussão clínica ao paciente, dessa forma devendo ser utilizada como técnica alternativa visando à prevenção de lesões iatrogênicas.

Objectives: To evaluate clinical, hemodynamic, arterial blood gas and metabolic the repercussions of the high transitory pressures of the pneumoperitoneum for short period of time. Methods: Sixteen-seven patients were scheduled for laparoscopic procedures and randomly distributed in P12 group: n=30 (intraperitoneal pressure - PIP - of 12mmHg) and P20 group: n=37 (PIP of 20mmHg). The patients had received anesthesia general and controlled ventilation mechanics of the protocol according. At predetermined moments was measured the heart rate (FC); the saturation of arteria oxygen (SaO2), using a pulse oxymetry; carbon dioxide (CO2) end tidal concentration exhaled (EtCO2), using a capnometry; the mean arterial pressure (PAM), for samples obtained of the radial artery; airway pressure (PIT) e, by means of arterial blood gas, the partial pressure of arterial oxygen (PaO2), the partial arterial CO2 pressure (PaCO2), bicarbonate (HCO3) and the base excess (BE). The considered moments were: M0 = without pneumoperitoneum; M1 = PIP reaches 12mmHg in both the groups; M2 = after 5 minutes with PIP of 12mmHg in P12 and after 5 minutes with PIP of 20mmHg in P20; M3 = after 10 minutes with PIP of 12mmHg in P12 and PIP returned for 12mmHg, counted 10 minutes after M1 in P20. Clinical changes were considered as different values from the normal range of measured parameters, as well the appearance of atypical organic phenomena, indicative of organic disease. Results: There were significant statistical differences in the P20 group in FC, PAM, EtCO2, PIT, pH, HCO3 and of the BE. Clinical alterations were not evidenced. Conclusion: High intraabdominal pressure (20mmHg) and transitory (5 minutes) for insertion of first trocarte cause statistical significant alterations of FC, PAM, EtCO2, PIT, pH, HCO3 and of the BE without any clinical significance to the patient, so should be used as alternative technique to the prevention of iatrogenic injuries.
Palavra-chave Pneumoperitônio artificial
Insuflação/métodos
Laparoscopia/métodos
Instrumentos cirúrgicos/efeitos adversos
Gasometria/utilização
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 71 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 71 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24326

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-24326.pdf
Tamanho: 806.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta