Avaliação dos nódulos sideróticos esplênicos pela ressonância magnética e ultra-sonografia em pacientes portadores da forma hepatesplênica da esquistossomose mansônica

Avaliação dos nódulos sideróticos esplênicos pela ressonância magnética e ultra-sonografia em pacientes portadores da forma hepatesplênica da esquistossomose mansônica

Título alternativo Splenic siderotic nodules evaluation by magnetic resonance imaging and ultrasound in patients with hepatosplenic schistosomiasis mansoni: correlation between some portal hypertension parameters
Autor Santos, José Eduardo Mourão Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador D'Ippolito, Giuseppe Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos: Avaliar a concordância inter e intra-observador na quantificação dos nódulos sideróticos esplênicos, observados por meio da Ressonância Magnética (RM), num grupo de pacientes com esquistossomose hepatesplênica e correlacionar a quantidade de nódulos com parâmetros de hipertensão portal. Avaliar a concordância da quantificação dos nódulos pela RM e pela Ultra¬-sonografia (US) e correlacionar a quantidade dos nódulos, visualizados pela US, com parâmetros de hipertensão portal. Métodos: Entre fevereiro de 2005 e fevereiro de 2007, foi realizado estudo observacional e transversal em 30 pacientes com esquistossomose hepatesplênica que apresentavam nódulos sideróticos esplênicos em exames de RM e sem sinais clínico-Iaboratoriais de outras hepatopatias associadas. Os pacientes foram categorizados pelo numero de n6dulos, inicialmente em três grupos: (I) 1-5; (II) 6-20; (III) > 20. Como só um paciente pertenceu ao grupo I, os pacientes foram reclassificados em duas categorias: (I) 1-20; (II) > 20 para a análise da associação entre as categorias dos nódulos e os parâmetros de hipertensão portal estudados. Vinte e um pacientes também realizaram exames de US e foram divididos, inicialmente, em três grupos e reclassificados em dois grupos de acordo com os mesmos critérios da RM. Os dois grupos foram correlacionados a fibrose periportal, dimensões do baço, dimensões das veias porta e esplênica, velocidade e volume do fluxo portal e tipo de colaterais venosas porto-sistêmicas. A análise estatística foi feita pelo teste kappa ponderado para a concordância inter e intra-observador e pelos testes t de Student e exato de Fisher para a associação entre as categorias dos nódulos. Resultados: A concordância inter e intra-observador encontrada para a RM foi Kp=0,67 (p<0,001 - IC 95% [0,33; 1,0]) e Kp=0,81 (p<0,001 - IC 95% [0,479; 1,00]), respectivamente. Os pacientes classificados nos grupos I e II não apresentaram diferença estatisticamente significante quanto ao padrão e grau de fibrose, 0 tipo de circulação colateral porto-sistêmica, os diâmetros das veias porta e esplênica, a espessura da fibrose e a velocidade média e 0 volume do fluxo sangüíneo portal, tanto pela RM, quanta pela US (p>0,05). No entanto, a classificação dos nódulos sideróticos nos dois grupos de pacientes apresentou correlação estatística significante com as medidas do baço tanto para a RM (p>0,001), quanto para a US (p<0,05). A concordância na categorização dos nódulos sideróticos entre a RM e a US foi regular (Kp=0,37; p<0,05 - IC 95% [0,038; 0,661]). Conclusões: a RM mostrou concordância interobservador substancial e concordância intra-¬observador quase perfeita. Dentre os parâmetros de hipertensão portal analisados, somente as dimensões do baço apresentaram correlação com 0 número de nódulos sideróticos identificados pela RM e US. A concordância na categorização dos nódulos entre a RM e a US foi considerada regular..
Palavra-chave Esquistossomose mansoni
Imagem por ressonância magnética
Hipertensão portal
Ultrassonografia
Baço
Idioma Português
Data de publicação 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 56 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 56 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24094

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta