A expressão de Timp1 associada à desmetilação de seu promotor confere resistência ao anoikis durante a transformação maligna de melanócitos murinos

A expressão de Timp1 associada à desmetilação de seu promotor confere resistência ao anoikis durante a transformação maligna de melanócitos murinos

Título alternativo Timp-1 expression associated with promoter demethylation confers anoikis resistance along murine melanocyte malignant transformation
Autor Ricca, Tatiana Iervolino Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Jasiulionis, Miriam Galvonas Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Microbiologia e imunologia - São Paulo
Resumo Embora a resistência ao anoikis seja considerada um importante processo envolvido no fenótipo maligno, a relação causal entre transformação neoplásica e crescimento independente de ancoragem continua indefinida. Para estudar essa correlação, foi desenvolvido em nosso laboratório um modelo experimental de transformação maligna de melanócitos murinos, em que melanócitos melan-a foram submetidos a ciclos seqüenciais de bloqueio de ancoragem. Ao longo deste processo, foram estabelecidas tanto linhagens celulares correspondendo a fases intermediárias da progressão tumoral como linhagens de melanoma, as quais são progressivamente resistentes ao anoikis e representam fases distintas da progressão tumoral. Análises de expressão gênica mostraram aumento da expressão de Timp1 nas linhagens de melanoma quando comparadas à linhagem parental de melanócitos. Ainda que descrita como inibidora de MMPs, essa proteína foi recentemente associada à resistência ao anoikis em células epiteliais de mama humana. Deste modo foram analisadas neste trabalho: 1) a relação entre expressão de Timp1 e aquisição do fenótipo resistente ao anoikis e 2) a possível regulação epigenética da expressão de Timp1 por metilação de DNA neste modelo. Enquanto células melan-a expressam baixos níveis de Timp1, todas as linhagens derivadas desta expressam níveis elevados desta proteína. O tratamento dos melanócitos melan-a com o agente desmetilante 5-aza-2’-deoxicitidina resultou em aumento significativo da expressão de Timp1. De fato, a análise pelo ensaio Methylation sensitive-Single Nucleotide Primer Extension (Ms-SNuPE) mostrou aumento progressivo na desmetilação do gene Timp1 em paralelo a sua crescente expressão ao longo da transformação maligna. A superexpressão de Timp1 em células melan-a resultou no aumento da sobrevivência das mesmas em condições independentes de ancoragem, mas foi incapaz de transformá-las. Além disso, o tempo de latência para o aparecimento de tumores foi menor para células de melanoma transfectadas com Timp1, indicando que esta molécula pode estar associada com a agressividade do tumor. Esses resultados mostram aumento da expressão de Timp1 durante a transformação maligna, em decorrência da desmetilação gênica progressiva, associado ao aumento da resistência ao anoikis, mas não à aquisição de um fenótipo maligno transformado.

Although anoikis resistance has been considered a hallmark of malignant phenotype, the causal relation between neoplastic transformation and anchorageindependent growth remains undefined. We developed an experimental model of murine melanocyte malignant transformation, where a murine melanocyte lineage (melan-a) was submitted to sequential cycles of substrate adhesion blockade. Cells corresponding to intermediate phases of tumor progression and melanoma cell lines were established and show progressive anoikis-resistance. Gene expression analysis showed up-regulation of Timp1 in all melan-a-derived lineages. Treatment with a demethylating agent resulted in marked expression of Timp1 in melan-a melanocytes. In fact, Ms-SNuPE analysis showed increased demethylation in Timp1 gene in parallel with its expression along malignant transformation. Although described as a MMP inhibitor, this protein has been recently associated with apoptosis resistance in human breast epithelial cells. Melan-a cells overexpressing the Timp1 gene showed increased survival in anchorage-independent conditions, but were unable to form tumors in vivo, whereas Timp1-overexpressing melanoma cells showed reduced latency time for tumor appearance. Our results show an increment in Timp1 expression along carcinogenesis, possibly associated to a progressive gene demethylation, which is causally related with an increase in anoikis-resistance but not with the acquisition, by itself, of a fully transformed malignant phenotype.
Palavra-chave Inibidor tecidual de metaloproteinase-1
Anoikis
Metilação de DNA
Melanoma
Idioma Português
Financiador Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2008
Publicado em RICCA, Tatiana Iervolino. A expressão de Timp1 associada à desmetilação de seu promotor confere resistência ao anoikis durante a transformação maligna de melanócitos murinos. 2008. 214 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2008.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 214 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/24092

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-24092.pdf
Tamanho: 4.943MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta