Déficit de medo condicionado ao contexto na linhagem SHR (Spontaneously Hypertensive Rats): possíveis implicações para transtornos psiquiátricos

Déficit de medo condicionado ao contexto na linhagem SHR (Spontaneously Hypertensive Rats): possíveis implicações para transtornos psiquiátricos

Título alternativo Neuroleptic drugs revert the contextual fear conditioning deficit present in Spontaneously Hypertensive Rats: a potencial animal model of emotional context processing in schizophrenia?
Autor Calzavara, Mariana Bendlin Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Frussa-Filho, Roberto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Transtornos psiquiátricos como a esquizofrenia, o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e o transtorno do humor bipolar apresentam anormalidades no processamento de emoções. Um estudo prévio mostrou que os ratos espontaneamente hipertensos (SHR), que têm sido sugeridos como um modelo de TDAH, apresentaram um déficit de resposta de medo condicionado. O objetivo deste estudo foi caracterizar o déficit de medo condicionado ao contexto apresentado pela linhagem SHR. Para isso, ratos adultos das linhagens Wistar e SHR foram submetidos à tarefa de medo condicionado ao contexto. A sensibilidade ao choque (avaliada pela vocalização) e a resposta condicionada foram inicialmente quantificadas. Em seqüência, manipulações que facilitariam o aprendizado da tarefa foram investigadas. Para a caracterização farmacológica, diferentes drogas foram administradas na aquisição do medo condicionado ao contexto: pentilenotetrazol (ansiogênico) e clordiazepóxido (ansiolítico); metilfenidato e anfetamina (usados para o tratamento do TDAH); lamotrigina, carbamazepina, ácido valpróico e lítio (estabilizadores do humor); haloperidol, clozapina, ziprasidona, risperidona, amisulprida e quetiapina (usados para o tratamento da esquizofrenia); metoclopramida e SCH23390 (antagonistas dopaminérgicos sem atividade antipsicótica) e a quetamina (psicotomimético). Os efeitos da privação de sono paradoxal (que desencadeia surtos psicóticos em portadores de esquizofrenia) e a performance em um protocolo de inibição latente (cujo déficit é descrito na esquizofrenia e em modelos dessa patologia) da tarefa de medo condicionado ao contexto foram investigados. Nenhuma diferença na...(au).
Assunto Esquizofrenia
Ratos endogâmicos SHR
Transtorno do déficit de atenção com hiperatividade
Transtorno bipolar
Idioma Português
Data 2008
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2008. 143 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 143 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23893

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)