Anel endocapsular modificado do tipo 1-L da morcher em subluxação traumática do cristalino

Anel endocapsular modificado do tipo 1-L da morcher em subluxação traumática do cristalino

Título alternativo Modified capsular tension ring, type 1-L in traumatic lens subluxation
Autor Marques, Daniela Meira Villano Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Belfort, Rubens Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar o comportamento do anel modificado de tensão capsular do tipo 1-L em cataratas traumáticas com subluxação do cristalino, analisando a acuidade visual, centralização do saco capsular, pseudo-facodonese e complicações intra e pós-operatórias. Métodos: Estudo retrospectivo de série consecutiva de casos, sem grupo comparativo. Vinte e dois olhos de 22 pacientes com perda traumática de suporte zonular foram submetidos à facoemulsificação utilizando lente intra­ocular de câmara posterior e o implante do anel capsular modificado. O exame pré­operatório incluiu melhor acuidade visual corrigida (MA VC), a avaliação da presença ou ausência de facodonese, descentralização do cristalino e presença ou ausência de prolapso vítreo. A avaliação pós-operatória incluiu MAVC, presença ou ausência de pseudo-facodonese, centralização do implante e avaliação de outras complicações. Resultados: Vinte e um olhos (95,45%) tiveram melhora da MA VC com um seguimento de 4 a 38 meses pós-operatório. O exame pré-operatório revelou facodonese em 11 olhos (50%) e nenhum olho apresentou pseudo­facodonese no período pós-operatório. A descentralização do cristalino no pré­operatório estava presente em 10 olhos (45,45%) e todos os olhos apresentaram centralização do complexo saco capsular/ LlO no pós-operatório. Prolapso vítreo foi diagnosticado antes da cirurgia em 09 olhos (40,90%) e a vitrectomia foi necessária em 11 olhos (50%). Quatro 0Ihos(18,18%) apresentaram aumento transitório da PIO e um 0Iho(4,54%) apresentou aumento permanente da PIO no pós-operatório. Opacidade de cápsula posterior esteve presente em 9 olhos (40,9%) dos olhos, sendo apenas 1 olho (4,54%) com contração capsular. Descolamento de retina ocorreu em 1 0Iho(4,54%). Conclusão: O uso do anel modificado de tensão capsular resultou em melhora da AV dos pacientes e boa centralização do complexo saco capsular/ lente intra-ocular nos olhos estudados com catarata traumática com perda de suporte zonular..
Palavra-chave Catarata
Próteses e implantes
Subluxação do cristalino
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 75 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 75 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23839

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta