Teste de caminhada de 6 minutos na avaliação pre-transplante cardíaco

Teste de caminhada de 6 minutos na avaliação pre-transplante cardíaco

Título alternativo Six-minute walk test in pre cardiac transplatation evaluation: clinical and functional characteristics and cardio-respiratory behavior
Autor Cipriano Junior, Gerson Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Branco, João Nelson Rodrigues Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Fundamento: O teste de caminhada dos 6 minutos (TC6) tem sido utilizado como forma de avaliação da capacidade funcional, estadiamento clínico e prognóstico cardiovascular. A segurança e impacto metabólico são pouco descritos na literatura, principalmente em pacientes com a insuficiência cardíaca grave com indicação clínica para transplante cardiovascular. Objetivo: Avaliar a ocorrência de arritmias e alterações cardiovasculares durante o TC6. Correlacionar o desempenho no TC6 com o estadiamento clínico e prognóstico cardiovascular. Método: Doze pacientes, sendo 10 masculinos, com idade de 52 ±8 anos, foram submetidos à avaliação inicial. Realizaram o TC6 monitorando eletrocardiografia por telemetria, sinais vitais e lactato. Foram acompanhados por 12 meses. Resultados: Os pacientes percorreram 399,4±122,5 (D, m), atingindo um esforço percebido (EP) de 14,3±1,5 e variação de 34% na freqüência cardíaca basal. Dois pacientes apresentaram arritmia de maior gravidade pré-TC6, que não pioraram frente ao esforço, quatro, elevação significativa nos níveis de lactato sanguíneo (>5 mmol/dL) e três, interromperam o exame. A distância percorrida evidenciou correlação com a fração de ejeção (%) e classificação funcional (NYHA). Após 12 meses de seguimento, três pacientes foram a óbito sendo que sete re-internaram por descompensação cardíaca. A relação (D/EP) e freqüência cardíaca de recuperação no 2º. minuto (FCR2, bpm) foram inferiores no grupo óbito. Conclusão: O comportamento clínico e eletrocardiográfico sugere que o método é seguro, mas pode ser considerado de alta intensidade para alguns pacientes com insuficiência cardíaca grave. Variáveis relacionadas ao desempenho no TC6 podem estar associadas com a mortalidade no seguimento de um ano.
Palavra-chave Ergometria
Insuficiência Cardíaca
Transplante de Coração
Qualidade de Vida
Monitorização Fisiológica
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 45 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 45 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23807

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta