Avaliação da eficácia intra e inter-avaliadores do emprego de volúmetro com câmaras comunicantes para medida do volume do segmento punho-mão

Avaliação da eficácia intra e inter-avaliadores do emprego de volúmetro com câmaras comunicantes para medida do volume do segmento punho-mão

Título alternativo Assessment of the intra and inter- evaluators efficacy in the employment of communicant chambers volumeter for measurement of the wrist-hand segment's volume
Autor Carvalho, Rogerio Mendonca de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Miranda Junior, Fausto Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A volumetria por deslocamento de água tradicional, que utiliza o princípio do transbordamento de Arquimedes, é considerada o padrão-ouro da avaliação do volume de membros, porém tem seu uso rotineiro prescindido por apresentar uma série de desvantagens. O método é embaraçoso ao paciente, pouco prático e desprovido de higiene, além de consumir muito tempo do examinador. Objetivo: Avaliações intra e inter-avaliadores da reprodutibilidade, repetitividade e precisão dos volumes do segmento punho-mão, obtidos com um novo dispositivo criado para a volumetria de membros, o volúmetro com câmaras comunicantes. Métodos: Este estudo apresentou o protótipo de um aparelho inédito que utiliza o princípio dos vasos comunicantes de Pascal, para a avaliação direta do volume de membros ou de partes dos mesmos. Para avaliar sua eficácia em gerar medidas precisas e reprodutíveis, trinta mãos de 15 participantes (9 mulheres e 6 homens) foram medidas três vezes cada uma, por três avaliadoras, compondo-se um total de 270 avaliações volumétricas realizadas. Resultados: Verificou-se que o volúmetro com câmaras comunicantes é rápido em gerar medidas (média de 3 minutos e 42 segundos por avaliação). Os coeficientes de correlação intraclasse (ICC) foram de 0,9977 para a avaliadora 1 e de 0,9976 para ambas as avaliadoras 2 e 3. O ICC inter-avaliadoras foi de 0,9998. Os erros-padrão de medição (SEM) foram de 2,99 mL para a avaliadora 1, de 3,05 mL para a avaliadora 2 e de 3,07 mL para a avaliadora 3, tendo sido de 0,88 mL inter-avaliadoras. A precisão calculada para o método foi de 0,42%, com repetitividade de 1,15% para as séries de nove medidas coletadas de um mesmo segmento, e variabilidade intra-avaliadora de 1,20 % e inter-avaliadoras de 0,36%. Conclusões: Foi criado um novo dispositivo para a volumetria de membros e os resultados dos valores gerados com o protótipo para o segmento punho-mão foram reprodutíveis, repetitivos e precisos para ambas as análises intra-avaliador e inter-avaliadores, mesmo quando consideradas as possíveis interações isoladas ou conjuntas dos fatores tempo, temperatura, sexo, lado do segmento avaliado e interação entre lado do segmento e sexo.
Palavra-chave Pletismografia
Linfedema
Equipamentos de Medição
Extremidades
Avaliação da Tecnologia Biomédica
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 120 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23796

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta