Efeitos do ciclo gravídico-puerperal, do estado hormonal e do envelhecimento na expressão do fator de crescimento de nervos na uretra de ratas

Efeitos do ciclo gravídico-puerperal, do estado hormonal e do envelhecimento na expressão do fator de crescimento de nervos na uretra de ratas

Título alternativo Effects of pregnancy and delivery, hormonal state and age in the NGF expression in urethra rats
Autor Zucchi, Eliana Viana Monteiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Sartori, Marair Gracio Ferreira Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a expressão do fator de crescimento de nervos (NGF) na uretra média de ratas adultas, prenhas ou não, após quatro dias e doze semanas do parto, castradas ou sob administração de estrogênios e após 18 meses de vida. Métodos: Foram utilizadas 84 ratas adultas (Rattus norvegicus albinus, Rodentia, Mammalia) fornecidas pelo CEDEME – UNIFESP, divididas em sete grupos: Grupo A – ratas adultas nuligestas; Grupo B – ratas no 20º dia de prenhez; Grupo C – ratas no 4º dia de puerpério; Grupo D – ratas após 12 semanas do parto; Grupo E – ratas castradas; Grupo F – ratas que receberam estrogênios após 30 dias da castração por 30 dias e Grupo G – ratas com 18 meses de vida. Os animais foram sacrificados, exsangüinados e tiveram a uretra e a vagina retiradas por incisão longitudinal do abdome. Por meio de reação imuno-histoquímica com anticorpo policlonal de camundongo, sub-classe IgG, na diluição 1:600, específico para o NGF, a imunoexpressão foi analisada pela microscopia óptica (sistema de análise digital de imagem – Imagelab) com aumento de 400x. Considerou-se a cor marrom do citoplasma como critério de positividade para a expressão do NGF, quantificando-se em porcentagem as células das camadas epitelial e muscular que expressaram este fator de crescimento. Resultados: Observamos que nas ratas prenhas a expressão do NGF foi intensa, tanto nas camadas epitelial quanto muscular, e pouco maior que a observada na uretra de ratas não prenhas. No puerpério imediato, houve queda brusca da expressão do NGF na camada epitelial. Após doze semanas do parto, a expressão do NGF aumentou na camada epitelial e principalmente na camada muscular, quando comparado ao pós-parto imediato. Após a castração, observamos menor expressão do NGF na camada epitelial e aumento da expressão deste fator de crescimento na camada muscular. Com a ministração de estrogênio a expressão do NGF na camada epitelial tornou-se novamente evidente e menor na camada muscular peri-uretral quando comparado às ratas castradas. Nos animais com 18 meses de vida, a expressão do NGF foi discreta, tanto na camada epitelial quanto na camada muscular. Conclusões: Há diferenças quantitativas na expressão gênica do NGF em função do estado hormonal, tanto na camada epitelial quanto na camada muscular peri-uretral.
Palavra-chave Fator de crescimento neural
Uretra
Prenhez
Nerve growth factor
Urethra
Pregnancy, animal
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 82 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 82 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23686

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta