Prevalência de maus-tratos na terceira idade: revisão sistemática

Prevalência de maus-tratos na terceira idade: revisão sistemática

Título alternativo Prevalence of elder abuse: a systematic review
Autor Espíndola, Cybele Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Blay, Sergio Luis Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Identificar estudos sobre prevalência de abuso na terceira idade e analisar a qualidade dos estudos. Métodos: Revisão sistemática estudos de base populacional em bases de dados eletr6nicos (PubMed, LILACS, Embase, ISI, Psyclnfo), referente aos anos de 1988 a 2005. Foram incluídos os estudos de base populacional e excluídos os estudos sem definição metodológica delineada e estudos realizados em clientela de serviços especializados. Resultados: Foram encontrados 440 artigos, mas apenas 11 artigos foram selecionados. A maioria dos artigos foi de corte transversal, apenas dois apresentaram desenho longitudinal. Os estudos foram conduzidos em diversas regiões do mundo, sobretudo dos Estados Unidos e da Europa. Observou-se variação nas definições de abuso. Os estudos de prevalência encontraram coeficientes de abuso físico entre 1,2 por cento Holanda) e 18 por cento (Finlandia). Conclusões: Existe substancial variação de prevalência entre os países, parecendo haver uma variável cultural importante. Como o numero de idosos e crescente no mundo, são necessários mais estudos de base populacional representativos dessa faixa etária para melhor compreensão do fenômeno.
Palavra-chave Meia-idade
Violência
Saúde pública
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 39 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 39 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23565

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta