Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente na sutura palatina mediana, utilizando tomografia computadorizada

Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente na sutura palatina mediana, utilizando tomografia computadorizada

Título alternativo Transverse effects of surgically assisted rapid maxillary expansion in the midpalatal suture, using computed tomography
Autor Loddi, Patrícia Porto Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pereira, Max Domingues Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Cirurgia translacional – São Paulo
Resumo Introdução: A expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente (ERMAC) é o tratamento de escolha para a correção da deficiência transversal da maxila em pacientes adultos. Tradicionalmente são utilizados para expansão os aparelhos Haas e Hyrax. Embora estudos clínicos e radiográficos tenham avaliado a ERMAC, apenas informações limitadas estão disponíveis no estudo da abertura da sutura palatina mediana. Objetivo:Avaliar os efeitos transversais da ERMAC na sutura palatina mediana, utilizando tomografia computadorizada (TC) com os aparelhos Haas e Hyrax. Métodos: 40 pacientes do sexo masculino e do sexo feminino, com idade entre 18 e 38 anos foram operados: 20 utilizaram aparelho Haas e 20 aparelhos Hyrax. Foi realizada a ostetomia Le Fort I subtotal, incluindo a sutura pterigomaxilar. A quantidade da abertura da sutura palatina mediana foi avaliada na região anterior, e posterior, na intersecção com o osso palatino, utilizando TC, nos períodos pré-operatório e após o final das ativações. Um paquímetro digital foi utilizado para medir a abertura do parafuso expansor nos dois aparelhos. Resultados: As médias da abertura da sutura palatina mediana e abertura do parafuso expansor no grupo Haas foram de 5,19mm e 8,78mm, e para o grupo Hyrax foram 5,85mm e 8,51mm, respectivamente. A abertura da sutura palatina mediana correspondeu a 60% da abertura do parafuso expansor no grupo Haas e 69,2% no grupo Hyrax. Conclusões: Ambos os grupos mostraram abertura da sutura palatina mediana em forma paralela. A proporção abertura da sutura/abertura do parafuso expansor foi maior no grupo Hyrax.

Introduction: Surgically assisted rapid maxillary expansion (SARME) is the treatment of choice for correcting the deficiency of the transverse maxillary in adults. Traditionally, the appliances for expansion are Hyrax and Haas. Although a number of clinical and radiographic studies have evaluated the SARME, only limited information is available in order to study the midpalatal suture transverse movements with computed tomography (CT). Objective: Determine the skeletal maxillary transverse alterations after SARME in the midpalatal suture with Haas and Hyrax appliance. Methods: Forty adult patients of both sexes, from 18 to 38 years old were operated. Twenty patients had Hyrax and 20 had Haas expander. It was used subtotal Le Fort I osteotomy including pterigomaxillary disjunction. The amount of the midpalatal suture opening was done at the anterior edge of the midpalatal suture and the junction of the palatal bones, using computed tomography which was obtained in the pre-operatory period and after the end of expansion. A digital caliper was used to measure Haas and Hyrax distance on the central screw. Results: The proportion between the midpalatal suture expansion and the amount of expansion on the screw opening for Haas group was 5.19mm and 8,78mm, and for Hyrax group 5.85mm and 8.51mm respectively. The midpalatal suture opening is in conformity to 60% of the expander screw opening in Haas group and 69,2% in Hyrax group. Conclusion: Both groups showed parallel midpalatal opening with no significant difference to the anterior and posterior portion. Midpalatal/jackscrews opening proportion was bigger in Hyrax group than in Haas group.
Palavra-chave Maxila
Técnica de expansão palatina
Tomografia computadorizada por raios X
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em LODDI, Patrícia Porto. Efeitos transversais da expansão rápida da maxila assistida cirurgicamente na sutura palatina mediana utilizando tomografia computadorizada. 2007. 109 f. Tese (Doutorado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2007.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 109 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23528

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-23528.pdf
Tamanho: 1.238MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta