Efeitos da privação de sono sobre o comportamento alimentar e o metabolismo energético de ratos

Efeitos da privação de sono sobre o comportamento alimentar e o metabolismo energético de ratos

Título alternativo Effects of sleep deprivation on feeding behavior and energy metabolism of rats
Autor Martins, Paulo José Forcina Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador D'Almeida, Vânia Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: A perda de sono e caracterizada pelo aumento do consumo alimentar em humanos e ratos. Todavia, o fato de que em ratos a hiperfagia induzida pela privacao de sono e acompanhada de perda de peso, sugere que os fatores fisiologicos envolvidos sejam diferentes dos propostos para seres humanos. Objetivos: O nosso objetivo foi investigar as alteracoes no comportamento alimentar e no peso corporal de ratos, durante a privacao de sono pela tecnica da plataforma e avaliar as repercussoes metabolicas, endocrinas e moleculares decorrentes do processo. Materiais e metodos: Ratos recebendo dieta peletizada convencional, dieta peletizada hipercalorica e dieta liquida normocalorica foram privados de sono pela tecnica da plataforma. Verificamos as respostas do consumo alimentar, do peso corporal, metabolica, endocrina e a expressao genica no hipotalamo de ratos. Resultados: Pela primeira vez, demonstramos que a privacao de sono induz um comportamento estereotipado de roer nao estimulado por farmacos, estabelecendo assim que o desperdicio de racao ocorre essencialmente devido ao roer estereotipado, porem fatores metodologicos tambem contribuem em menor grau. Observamos tambem que ratos alimentados com racao peletizada convencional perdem mais peso e apresentam alteracoes metabolicas e endocrinas caracteristicas do deficit energetico mais intensas do que ratos recebendo uma dieta liquida. Mesmo com o fornecimento de racao hipercalorica palatavel, as alteracoes no peso corporal, metabolicas e endocrinas nao foram minimizadas como o observado com a dieta liquida. Desta forma, a reducao dos marcadores de estresse oxidativo hepaticos e aumento das proteinas de fase aguda, porem sem indicacao de lesao hepatica, foram relacionadas ao maior deficit energetico quando os animais recebem a racao peletizada. Apesar da manutencao do peso corporal para ratos recebendo a dieta liquida, a privacao de sono alterou os hormonios do estresse...(au)
Palavra-chave Privação do sono
Comportamento alimentar
Glicogênio
Metabolismo energético
Expressão gênica
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 230 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 230 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23487

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta