Programa de atividades fisicas ludicas desenvolvido com alunos portadores de defiCiência mental do CEMEI Cleberson da Silva do municipio de Maua

Programa de atividades fisicas ludicas desenvolvido com alunos portadores de defiCiência mental do CEMEI Cleberson da Silva do municipio de Maua

Título alternativo Recreational physical activities program developed with mentally disabled students of the CEMEI Cleberson da Silva, at the city of Maua, SP
Autor Chaves, Alex Sandro Neves Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A inclusao social do portador de defiCiência e um assunto debatido em todo o mundo, e, desde a decada de 80, vem crescendo consideravelmente no Brasil, sendo objeto de estudo de muitos pesquisadores. No municipio de Maua, esse movimento e tratado com muita seriedade. E, como fisioterapeuta vinculado ao Centro Municipal de Educacao Inclusiva Cleberson da Silva, venho desenvolvendo atividades facilitadoras com os portadores de defiCiência mental, visando favorecer o processo de inclusao social. Objetivo: Analisar os processos de interacao que um programa de atividades fisicas ludicas possibilitou ao desenvolvimento de portadores de defiCiência mental. Metodologia: Utilizamos um programa de atividades fisicas ludicas como instrumento para observar o comportamento de 10 sujeitos portadores de defiCiência mental e 10 nao-portadores e analisar o processo de interacao entre eles. Os dados foram obtidos por meio de: i) registros escritos das atividades; ii) conversas gravadas com os pais dos alunos; iii) grupos focais realizados com portadores de defiCiência e nao-portadores, separadamente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa do tipo investigacao-acao. Resultados: Durante os encontros foi possivel perceber a evolucao apresentada pelo grupo, na medida em que houve cooperacao entre os sujeitos dos dois grupos, bem como a possibilidade de realizar acoes por imitacao, alem de participacao e envolvimento de todos. Consideracoes finais: A atividade fisica ludica, mostrou ser um meio favorecedor de interacao social do deficiente mental. Levantamos a questao sobre a duracao do programa. Com apenas 11 encontros percebemos modificacoes que poderao ser mais significativas caso o programa seja desenvolvido por um periodo mais extenso
Palavra-chave Pessoas com Deficiência Mental
Atividade Motora
Jogos e Brinquedos
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2006. 113 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 113 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23480

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta