Diagnóstico de neurotoxoplasmose em pacientes HIV-1 por PCR em tempo real em LCR

Diagnóstico de neurotoxoplasmose em pacientes HIV-1 por PCR em tempo real em LCR

Título alternativo Diagnosis of toxoplasmic encephalitis in HIV-1 patients by real time-PCR in cerebrosppinal fluid
Autor Nogui, Fábio Luís Nascimento Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Lewi, David Salomao Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Infectologia - São Paulo
Resumo Encefalite causada por Toxoplasma gondii e a causa mais frequente de lesao em Sistema Nervoso Central no paciente com sindrome da imunodefiCiência adquirida (aids) (LUFT et ai, 1992). Toxoplasma pode infectar qualquer celula cerebral. Portanto, a clinica da neurotoxoplasmose (NT) nao e especifica e pode incluir sinais e sintomas focais ou nao de disfuncao do sistema nervoso central. A apresentacao clinica varia de uma apresentacao insidiosa, que envolve semanas, a um estado confusional agudo ou mesmo fulminante. A toxoplasmose ocorre em estagios avancados da doenca e a ausencia de anticorpos anti-toxoplasma pelo metodo da imunotluorescencia nao exclui o diagnostico (PORTER et ai, 1992). O tratamento geralmente e baseado no diagnostico presuntivo e a terapia padrao e a combinacao de sulfadiazina, pirimetamina e leucovorim (LUFT et al, 1992). Apos o inicio da terapia especifica, a resposta clinica e radiologica e utilizada como confirmacao diagnostica. Ha uma grande dificuldade de metodos diagnosticos acurados para confirmacao dos casos. O objetivo do presente estudo e apresentar um metodo para deteccao do DNA de T.gondii por PCR-Multiplex em tempo real. Resultados: Entre as 51 amostras de liquores colhidos, obtivemos uma sensibilidade de 68,8 por cento, especificidade de 100 por cento, valor preditivo positivo de 100 por cento e um valor preditivo negativo de 87,8 por cento. Conclusao: O PCR em tempo real em LCR apresentou uma elevada especificidade e sensibilidade em pacientes com suspeita de toxoplasmose cerebral. Sendo um metodo pouco invasivo, poderia ser incluido no algoritmo diagnostico em pacientes com sida com lesao em SNC

Toxoplasmosis Encephalitis (TE) is the main cause of focal disease in Central Nervous System in patients with acquired immunodeficiency syndrome (AIDS) (LUFT et al, 1992). Toxoplasma can infect any brain cell. However, the clinical signs aren’t specific and present or not signs and focal symptoms of central nervous system dysfunction. Clinical presentation varies from insidiousis forms to an acute mental status change or to a fulminant form. Toxoplasmosis occurs in advanced stages of human immunodeficiency virus infection, and the absence of antitoxoplasma antibodies on immunofluorescence assay does not exclude the diagnosis (PORTER et al, 1992). Treatment is often based in presumptive diagnosis and the standard treatment is the combination of pyrimethamine plus sulfadiazine plus folinic acid (LUFT et al, 1992). After the beginning of the specific therapy, the clinic and radiologic response is the way to confirm the diagnosis. However, there is a great difficult in diagnosis method to confirm the cases. In this study, we‘ve aim to present a method to detect T.gondii DNA by Real-Time polymerase chain reaction (PCR) Multiplex. Results: Among 51 cerebrospinal fluid samples, we had 68,8% of sensibility, 100% of specificity, 100% of positive predictive value and 87,8% of negative predictive value. Conclusions: The real time PCR in LCR presented a high specificity and sensibility in patients under suspicion of encephalitis toxoplasmosis. Being a less invasive method, we could include it in the algorithmic diagnosis in HIV-infected patients with CNS focal lesion.
Assunto Toxoplasmose Cerebral
Reação em Cadeia da Polimerase
Líquido Cefalorraquidiano
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Número do financiamento CNPq: 132682/2004 -4
Data 2006
Publicado em NOGUI, Fábio Luís Nascimento. 2006. 78 f.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 78 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23459

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Publico-23459.pdf
Tamanho: 1.387Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)