Investigação da infecção por metapneumopvirus humano associado a infecção do trato respiratório em três populações distintas da cidade de São Paulo

Investigação da infecção por metapneumopvirus humano associado a infecção do trato respiratório em três populações distintas da cidade de São Paulo

Título alternativo Study of human metapneumovirus infection associated with respiratory infections in three distinct populations of São Paulo
Autor Lima Neto, Daniel Ferreira de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Bellei, Nancy Cristina Junqueira Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Infectologia - São Paulo
Resumo As infeccoes respiratorias virais sao causas comuns de morbi-mortalidade em adultos e idosos. Recentemente descrito, o metapneumovirus foi associado a infeccoes respiratorias em criancas, ocorrendo com maior frequencia ate seus cinco anos de idade. Investigacoes recentes o identificaram tambem em adultos e imunocomprometidos. Nesta conjuntura conduziu-se em São Paulo um estudo com coleta sistematizada e consecutiva por tres anos (06/2001 a 09/2003) em tres populacoes distintas (adultos do Pronto Atendimento, transplantados renais e profissionais de Saúde) apresentando sintomas respiratorios. Cento e oitenta e cinco pacientes com resultados negativos para outros virus por outros metodos (influenza A e S, Parainfluenza 1,2 e 3, RSV, adenovirus, coronavirus e enterovirus) foram investigados quanto a presenca de metapneumovirus por uma RT-PCR otimizada em laboratorio. Vinte e quatro pacientes (12,97 por cento) apresentaram amplificacao especifica para o virus, caracterizada pelo fragmento de 347pb amplificado pelos iniciadores correspondentes ao gene F. O virus foi detectado nos meses de junho a setembro dos tres anos investigados. Houve maior frequencia na deteccao em 2003. As frequencias observadas ao final do estudo nos profissionais de Saúde, adultos do Pronto Atendimento e pacientes transplantados renais foram 10,75 por cento (10/92), 18,96 por cento (11/59), e 8,82 por cento (3/34) respectivamente. Verificou-se uma tendencia associativa entre contato com paciente e infeccao por hMPV nos profissionais de Saúde. Foi encontrada associacao entre infeccao e adultos acima de 51 anos (p=0,006). Os pacientes transplantados apresentaram sintomatologia menos expressiva. Nao foi possivel atribuir uma sintomatologia especifica a infeccao por hMPV

Viral respiratory infections are common morbi-mortality causes in adults and in the elderly. Recent advances in viral diagnostics, such as RT-PCR, allowed for the detection of a plethora of new viruses, until then uncharacterized. The recently described human metapneumovirus was associated with respiratory infections by van den Hoogen and coworkers while investigating samples from children without etiologic causes attributable. Researchers worldwide detected the virus in samples from children and recently in adult’s samples as well. Following this approach our study was aimed at adults over eighteen presenting with acute respiratory infections from June/2001 to September/2003. Three groups were enrolled: patients from an out-patient attendance, health care workers and renal transplant recipients. All samples were submitted to routine diagnostics screening through direct fluorescence assay provided by Light Diagnostics for seven different viruses and negative results were set up for RT-PCR with primers selected to hMPV´s F gene. Twenty four out of 185 patients (12.97%) were considered positive after amplification of a 347bp fragment. The virus was detected from June to September in the 2001-02 period, peaks were higher in 2003 and began earlier, as discussed below. Furthermore an association was found between infection and age (p=0,006) for the whole cohort. Out-patient attendance cases exhibited a higher detection frequency (18.92%/11:59), particularly in 2003. Health care workers and ambulatory patients had 10.75% (10:92) and 8.82% of infections attributed to hMPV. A weak tendency was found regarding infection and patient contact in the health care workers population. Transplant infections were less symptomatic than the other groups evaluated. No characteristic symptomatology could be associated with hMPV infection by this study.
Palavra-chave Metapneumovirus
Infecções Respiratórias
Reação em Cadeia da Polimerase Via Transcriptase Reversa
Cultura de Vírus
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2007
Publicado em LIMA NETO, Daniel Ferreira de. Investigação da infecção por metapneumopvirus humano associado a infecção do trato respiratório em três populações distintas da cidade de São Paulo. 2007. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2007.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 88 f.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23449

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-23449.pdf
Tamanho: 1.893MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta