Estudo do efeito de dois tipos de exercicios de membros superiores na hiperinflacao pulmonar dinamica, resposta ventilatoria e configuracao toracoabdominal em pacientes com DPOC

Estudo do efeito de dois tipos de exercicios de membros superiores na hiperinflacao pulmonar dinamica, resposta ventilatoria e configuracao toracoabdominal em pacientes com DPOC

Título alternativo Study of the two types of upper limbs exercices in dinamic jyperinflation upon the venilatory response and toracoabdominal configuration in patients with COPD
Autor Castro, Antonio Adolfo Mattos de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução: Exercicio com membros inferiores leva os pacientes com DPOC a hiperinflacao pulmonar dinamica resultando em dispneia e intolerancia ao exercicio. A ocorrencia deste fenomeno e pouco conhecido quando os pacientes com DPOC realizam exercicios com os membros superiores. Hipotetizamos que exercicios com membros superiores em pacientes com DPOC levam a hiperinflacao pulmonar dinamica com dissincronismo toracoabdominal e dispneia. Objetivos: Avaliar a ocorrencia do dissincronismo toracoabdominal, hiperinflacao pulmonar dinamica e alteracao do padrao respiratorio em pacientes com DPOC realizando dois tipos de exercicios de membros superiores. Material e metodos: Estudo longitudinal, randomizado e cego com 25 pacientes com DPOC moderado a grave (VEF1<50 por cento). Foram realizados exercicios incrementais maximos e com 50 por cento da carga do exercicio incremental com membros superiores com a tecnica diagonal e com a tecnica do ergometro. Os exercicios foram realizados, de forma randomizada, com salbutamol e placebo. Em todos os testes foram avaliados o padrao respiratorio, configuracao toracoabdominal e a hiperinflacao pulmonar dinamica. Resultados: Aproximadamente 40 e 60 por cento dos pacientes hiperinflaram ao final dos exercicios maximos e submaximos, respectivamente, independentemente do uso do salbutamol. Ocorreu dissincronismo toracoabdominal em 70 por cento a 100 por cento dos pacientes que hiperinflaram sendo que o mecanismo ocorreu por meio do deslocamento desproporcional do abdome em relacao ao deslocamento toracico. Em todos os exercicios houve correlacao negativa entre a capacidade inspiratoria e dissincronismo toracobdominal...(au)
Palavra-chave Exercício
Extremidade Superior
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 117 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 117 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23439

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta