Papel da expressao e descamacao do proteoglicano de heparam sulfato na sobrevivencia de celulas apos terapia fotodinamica

Papel da expressao e descamacao do proteoglicano de heparam sulfato na sobrevivencia de celulas apos terapia fotodinamica

Título alternativo The role of descamation expression of proteoglycano the sulfate heparan of surviving cells after fotodynamic therapy
Autor Pazos, Marcelo de Castro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A matriz extracelular possui um papel importante na comunicacao entre as celulas e afeta um conjunto de funcoes celulares. Os glicosaminoglicanos sao polimeros de unidades sacaridicas, presentes tanto na superficie celular quanto na matriz extracelular. Na maioria IS casos, os glicosaminoglicanos ocorrem como proteoglicanos. Quando presentes na superficie celular, possuem um importante papel na regulacao de muitos processos celulares. Por exemplo, o heparam sulfato das celulas tumorais tem se mostrado ser importante em muitos aspectos do fenotipo e do desenvolvimento tumoral, incluindo transformacao celular, crescimento, invasao e metastase. A terapia fotodinamica tem sido reconhecida como um tratamento padrao para condicoes malignas e nao-malignas em muitos paises. A administracao de um fotossensibilizador nao-toxico, sua retencao seletiva em celulas lamente proliferativas e a posterior ativacao dessa molecula pela luz para formar especies ativas de oxigenio, sao o principio da terapia fotodinamica. No entanto, algumas celulas Idem sobreviver a terapia fotodinamica e a interacao dessas celulas com a matriz extracelular, tem profundo efeito na biologia do tumor. O conhecimento da acao da terapia fotodinamica na matriz extracelular ainda nao foi completamente explorado. Deste modo, a oposta da presente investigacao foi avaliar a expressao e a descamacao do proteoglicano heparam sulfato e sua relacao com a sobrevivencia das celulas remanescentes apos o tratamento fotodinamico com AICIPc lipossomal. Celulas endoteliais derivadas de aorta de coelho selvagem e transfectadas com o oncogene EJ-ras foram utilizadas. Ambas as linhagens celulares apresentaram aumento na expressao de mRNA de sindecam-4 e diminuicao na de heparanase, sintese e descamacao aumentada das cadeias de heparam sulfato. Alem disso, a formacao de fibras de estresse na borda das celulas e a parada do ciclo celular na fase G1,foram observados. A fracao celular morta pela terapia apresentou fragmentacao apoptotica do DNA. Esses resultados mostram que as celulas sobreviventes a terapia fotodinamica, exibem mudancas em sua morfologia e processos celulares as que diferenciam daquelas nao tratadas, e que essas mudancas estao provavelmente impedindo as celulas de retomar os niveis normais de proliferacao
Palavra-chave Proteoglicanas
Glicosaminoglicanas
Fotoquimioterapia
Células Endoteliais
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 120 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 120 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23382

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta