Resistência e secreção insulínicas após o transplante simultâneo de pâncreas-rim(TSPR) em comparação ao transplante renal (TR)

Resistência e secreção insulínicas após o transplante simultâneo de pâncreas-rim(TSPR) em comparação ao transplante renal (TR)

Título alternativo Insulin resistance and secretion after simultaneous pancreas-kidney transplantation(SPKT) in comparison to kidney transplantation alone (KTA)
Autor Rangel, Érika Bevilaqua Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Pacheco-Silva, Alvaro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo I. Realizada comparação dos índices ROMA-beta (Homeostatis Model Assessment¬ beta), HOMA-IR (Homeostatis Model Assessment-Insulin Resistance) e ROMA¬ IS (Homeostatis Model Assessment-Insulin Sensitivity) entre indivíduos saudáveis (n = 49), pacientes transplantados renais (TR) não obesos e não diabéticos (n = 68) e pacientes submetidos ao transplante simultâneo de pâncreas-rim (TSPR) com funcionamento adequado do enxerto pancreático (n = 89). 2. Em relação aos dados demográficos, os pacientes submetidos ao TSPR apresentaram menores valores da glicemia plasmática de jejum e valores intermediários do peptídeo C basal (2,9 ng/ml vs 2,2 ng/ml nos indivíduos normais e 3,7 ng/ml no TR, p < 0,0001). O clearance de creatinina nos dois grupos transplantados foi similar, mas inferior aos indivíduos saudáveis. O IMC (índice de massa corpórea) foi semelhante nos grupos de indivíduos saudáveis e transplantados renais, mas superior aos indivíduos submetidos ao TSPR. 3. Realizada análise de regressão linear para identificação dos fatores tradicionais e relacionados ao transplante relacionados aos valores dos três índices ROMA após o TSPR. No TR, as variáveis analisadas incluíram apenas sexo, raça, idade, dose por quilograma de peso da Prednisona e do Tacrolimus e nível sérico do Tracolimus. 4. Os valores do ROMA-beta foram similares após o TR e o TSPR (200,4±9,02 por cento vs 193,2± 8,8), mas superiores aos indivíduos saudáveis (137,2±8,02 por cento, P < 0,0001), o que sugere que os pacientes transplantados apresentam maior secreção de insulina que os indivíduos normais...(au).
Palavra-chave Resistência à insulina
Insulina/secreção
Transplante de pâncreas
Transplante de rim
Imunossupressão
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 146 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 146 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23340

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta