Alternativa de tratamento do movimento periódico das pernas durante o sono com a prática do exercício físico

Alternativa de tratamento do movimento periódico das pernas durante o sono com a prática do exercício físico

Título alternativo An alternative treatment for periodic leg movements with physical exercise trainning
Autor Esteves, Andrea Maculano Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Tufik, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O Movimento Periódico das Pernas (MPP) é um distúrbio do movimento relacionado ao sono que se caracteriza por uma extensão rítmica dos membros inferiores, seguidos por uma dorsoflexão do tornozelo, ocasionando uma flexão dos joelhos e uma ativação motora generalizada nos membros inferiores. As intervenções não farmacológicas são uma boa alternativa para a melhora da qualidade do sono. Muitos estudos vêm tentando elucidar quais são os mecanismos envolvidos nos efeitos que o exercício físico produz no padrão e na arquitetura do sono. No entanto, a maioria desses estudos é realizada nos atletas ou nas pessoas que não apresentam queixas do sono, não avaliando, portanto, os seus efeitos para que se possa fazer a prevenção e o tratamento dos distúrbios do sono. Assim, o objetivo do presente estudo foi o de avaliar os efeitos do exercício físico nos pacientes que apresentavam movimentos periódicos das pernas. Todos os voluntários realizaram uma polissonografia (PSG) basal com o intuito de diagnosticar o distúrbio do sono (MPP). No Experimento 1 foi verificada a influência de um exercício físico agudo (teste de esforço máximo - TEM) nos padrões do sono e no índice do MPP. Os voluntários fizeram um TEM e na noite após este teste foi realizada uma PSG. Antes e após o TEM foram coletadas amostras sanguíneas para a dosagem da β-endorfina. No Experimento 2 os voluntários participaram de um treinamento físico aeróbio com a duração de 6 meses e com a freqüência de 3 vezes por semana. Antes e após as sessões de treinamento 1, 36 e 72 foram coletadas amostras sanguíneas para dosagem da β-endorfina, sendo que na noite dessas sessões foram realizadas PSG para avaliar o padrão de sono e o índice do MPP. Os resultados encontrados no Experimento 1 demonstraram que, após a realização de um teste de esforço máxim
Palavra-chave Transtornos do sono
Exercício
beta-endorfina
Idioma Português
Data de publicação 2007
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2007. 111 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 111 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23323

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta