Incidência de dermatoses em neonatos de enfermaria para gestantes de risco do Hospital Guilherme Alvaro (cidade de Santos -SP)

Incidência de dermatoses em neonatos de enfermaria para gestantes de risco do Hospital Guilherme Alvaro (cidade de Santos -SP)

Título alternativo Incidence of skin diseases in newborns of infirmary for pregnant of risk at Hospital Guilherme Alvaro(Santos, S.P.)
Autor Almeida, José Roberto Paes de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Alchorne, Maurício Mota de Avelar Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Dermatologia Clínica e Cirúrgica - São Paulo
Resumo Objetivo: Verificar a incidencia de dermatoses em recem-nascidos em enfermaria para gestantes de risco de um hospital publico da cidade de Santos, S.P. (Hospital Guilherme Alvaro) verificando a possivel relacao com doencas , apresentadas pelas maes. Metodos: O autor examinou 1.000 neonatos nas primeiras 36 horas de vida no periodo de 27 de dezembro de 2000 a 30 de julho de 2001 e esse exame foi repetido diariamente em cada crianca enquanto a mesma permanecesse internada. A pesquisa foi clinica, tendo sido realizada biopsia de pele em apenas uma crianca portadora de leucemia cutanea em funcao da necessidade para o diagnostico. As variaveis paternas e as dos recem¬nascidos foram submetidas a analise atraves do teste X~ e de regressao logistica para se detectar relacoes significantes estatisticamente. Resultados: Diagnosticou-se 31 diferentes dermatoses nos recem-nascidos. Cerca de 87,9 por cento das criancas apresentavam uma ou mais alteracoes dermatologicas sendo que as mais frequentes foram: mancha mongolica (69,8 por cento), eritema toxico neonatal (19,7 por cento), ictericia fisiologica (11,8 por cento), nevo angiomatoso (13,9 por cento), hipertricose lanuginosa (10,3 por cento), hiperplasia de glandula sebacea (7,8 por cento), descamacao fisiologica (7,0 por cento), puberdade em miniatura (4,1 por cento), cutis marmorata (2,2 por cento) foram as mais frequentes. Em todas as outras dermatoses encontradas o percentual de incidencia foi igualou menor que 2,0 por cento. Conclusoes: A puberdade em miniatura teve baixa incidencia entre os neonatos de mae diabetica e a ictericia fisiologica foi mais frequente nas criancas cujas maes faziam uso de droga. A mancha mongolica teve incidencia muito baixa entre recem-nascidos classificados como brancos

Objectives: To verify the incidence of newborn skin diseases in infirmary for pregnant of risk at a public hospital of the city of Santos, S.P. (Hospital Guillerme Alvaro) determining the possible relationship of newborn skin diseases with illnesses presented by the mothers. Methods: The author examined 1,000 neonates in the first 36 hours of life from December 27, 2000 to July 30, 2001. The examination was repeated daily in each child while they remained interned. This study was mainly clinical, with only one case, that of a child who had cutaneous leukemia, for which a biopsy of skin was performed for the diagnosis. The paternal and newborn variables were submitted to analysis through the test χ 2  and logistic regression to detect significant statistical relationship. Results: Thirty one different diagnoses were made in the neonate ones. About 87.9% of the children presented one or more cutaneous disorders, being the most frequent: mongolian spot (69.8%), erythema toxicum neonatorum (19.7%), physiological jaundice (11.8%), angiomatous naevi (13.9%), hypertrichosis lanuginosa (10.3%), hyperplasia of sebaceous gland (7.8%), physiological desquamation (7.0%), puberty in miniature (4.1%), cutis marmorata (2.2%) had been most frequent. For all the other joined skin diseases the percentage of incidence was equal or lesser that 2.0%. Conclusions: The puberty in miniature had low incidence between the neonates of diabetic mother and the physiological jaundice was more frequent in the children whose mother had made drug use. The mongolian spot showed very low between newborns classified as white.
Palavra-chave Incidência
Recém-Nascido
Dermatopatias
Idioma Português
Data de publicação 2006
Publicado em ALMEIDA, Jose Roberto Paes de. Incidência de dermatoses em neonatos de enfermaria para gestantes de risco do Hospital Guilherme Alvaro (cidade de Santos -SP). 2006. 115 p. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2006.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 115 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23309

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Publico-23309.pdf
Tamanho: 7.404MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta