Quantificação de blastos por citometria de fluxo no oitavo dia de prednisona e avaliação do perfil de polimorfismos do gene receptor de glicocorticoide NR3C1 em crianças com Leucemia Linfoblástica Aguda

Quantificação de blastos por citometria de fluxo no oitavo dia de prednisona e avaliação do perfil de polimorfismos do gene receptor de glicocorticoide NR3C1 em crianças com Leucemia Linfoblástica Aguda

Título alternativo Quantification of lymphoblasts by flow cytometry on the eighth day of prednisone and evaluation of the polymorphisms profile of glucocorticoid receptor gene NR3C1 in children with Acute Lymphoblastic Leukemia
Autor Sousa, Ana Virginia Lopes de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Petrilli, Antonio Sérgio Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria – São Paulo
Resumo Objetivos: Avaliar em pacientes com leucemia linfoide aguda (LLA), tratados de acordo com o protocolo do Grupo Cooperativo Brasileiro de Tratamento de Leucemia Linfoide Aguda na Infancia (GBTLI LLA-2009) no oitavo dia da inducao, a reprodutibilidade da contagem de blastos perifericos intra e interobservadores; a concordancia entre citometria de fluxo e morfologia e descrever a distribuicao genotipica dos SNP intron 2 +646C/G e 9&#946;T/C do gene receptor de glicocorticoide NR3C1. Metodos: Foram analisadas prospectivamente, amostras de sangue periferico e/ou medula ossea de 54 pacientes, dos quais 53 foram genotipados para os polimorfismos estudados. Em 31 pacientes, no oitavo dia da inducao, foi realizada a contagem de blastos no SP, em 200 e 100 celulas, com e sem EDTA, por tres observadores fixos, diferentes, com contagens independentes. A imunofenotipagem foi realizada com a tecnica de lise de hemacias e as amostras foram adquiridas e analisadas em citometro de fluxo BD FACSCalibur, com 15.000 eventos totais. Resultados: 59,3% dos pacientes foram do sexo masculino, com idade media de 7,9 anos, leucometria inferior a 50.000/ mm³ em 79,6% e fenotipo LLA comum em 48,1%. Na avaliacao isolada de cada observador, nao houve diferenca na contagem percentual de blastos em 100 ou 200 celulas, com ICC proximo de 1 (p<0,001), independente do anticoagulante. Houve uma concordancia excelente entre as contagens de blastos no SP interobservadores com e sem EDTA, ICC=0,889 (p<0,001) e ICC=0,960 (p<0,001), respectivamente. Nas 27/31(87%) amostras avaliaveis, houve concordancia de 100% entre morfologia e citometria de fluxo quando considerada a categorizacao em maior ou igual a 1.000 ou inferior a 1000 blastos/mm³. Em 4/31(13%) dos pacientes, nao foi possivel essa avaliacao por leucometria inferior a 1.000/mm3 no D8. Observou-se concordancia satisfatoria (rs=0,465; p=0,014) entre morfologia e citometria de fluxo na quantificacao dos blastos. Em 14,8% dos casos ocorreu discordancia entre os metodos; com ausencia de blastos pela CF, e pela morfologia com contagens que variaram de 41 a 925 blastos/mm³. Nos 53 pacientes genotipados para o SNP intron 2 +646C/G, 62,3% apresentaram o genotipo CC, 30,2% CG e 7,5% genotipo GG e, para SNP 9&#946;T/C, 71,7% dos pacientes apresentaram genotipo TT e 28,3% CT. Nao houve associacao entre os perfis genotipicos e sexo, idade, leucometria inicial, linhagem celular e contagem de blastos no D8. Conclusoes: A contagem de linfoblastos, no D8 da inducao, foi altamente reprodutivel entre os diferentes observadores independente da presenca do EDTA; com concordancia satisfatoria entre morfologia e citometria de fluxo na quantificacao dos blastos. Esses dados sugerem a aplicabilidade desse metodo como uma ferramenta livre de subjetividade na avaliacao da contagem de blastos. Em nossa amostra o alelo polimorfico G foi menos prevalente para o SNP intron 2 +646C/G; e o genotipo TT para o SNP 9&#946;T/C foi o mais prevalente, inclusive nos pacientes que apresentaram recaida e obito.
Assunto Receptores de Esteroides
Polimorfismo de Nucleotídeo Único
Leucemia-Linfoma Linfoblástico de Células Precursoras
Citometria de Fluxo
Criança
Idioma Português
Data 2014
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2014. 114 p.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 114 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23285

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)