Adaptacao cultural e reprodutibilidade do questionario

Adaptacao cultural e reprodutibilidade do questionario

Título alternativo Cultural adaptation and Variability of the Dyspnea management questionnaire In Chronic Obstructive Pulmonary disease in Brazil
Autor Leite, Magnucia de Lima Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução. Nos ultimos anos vem sendo dada grande importancia a realizacao de pesquisas cientificas analisando aspectos relacionados com sintomas clinicos em pacientes com doencas respiratorias cronicas. A avaliacao da qualidade de vida relacionada a Saúde, nivel de atividade de vida diaria, dispneia e niveis de ansiedade e depressao tornam-se mais praticas e padronizadas com a utilizacao de instrumentos de medida como questionarios confiaveis e adaptados para a cultura brasileira. O uso destes instrumentos sao imprescindiveis no tratamento ou acompanhamento da evolucao dos pacientes com doenca pulmonar obstrutiva cronica (DPOC). O Dyspnea Management Questionnaire (DMQ-30) e um questionaria que visa avaliar o gerenciamento da dispneia pelo paciente durante atividades cotidianas. Porem, ele ainda nao havia sido traduzido e adaptado a cultura brasileira. Objetivo. Adaptar para a cultura brasileira e avaliar a reprodutibilidade do questionario DMQ-30, em pacientes com DPOC. Metodo: Foi realizada a traducao e adaptacao cultural do questionario DMQ-30 em um estudo transversal com 50 portadores de DPOC moderada a grave classificados segundo criterios do GOLD e estaveis clinicamente. Foi realizada a correlacao do DMQ-30 com os questionarios SF36, SGRQ e a Escala HAD. O valor de p < 0,05 foi considerado significante. Para avaliar a reprodutibilidade intra-observador utilizamos o coeficiente de correlacao intra-classe. Para outras correlacoes, o coeficiente de correlacao de Pearson. Resultados: O questionario DMQ-30 apresentou forte reprodutibilidade nos dominios: Intensidade da Dispneia (CCI 0,82) Dispneia relacionada a ansiedade (CCI 0,86), e Receio de esforco na atividade (CCI 0,80) e na pontuacao total do DMQ-30 (CCI 0,89). Observamos moderada correlacao do componente fisico do SF36 com os dominios do DMQ-30 (r= 0,40 u 0,72). Observamos moderada correlacao do DMQ-30 com o St. George (r= 0,41 u 0,69) e moderada correlacao do DMQ-30 com a escala HAD (r= 0,54). Conclusao: Este estudo demonstrou com exito o processo de adaptacao cultural e reprodutibilidade do questionario DMQ-30 para o Brasil. Portanto pode ser utilizado para mensurar o estado de Saúde em pacientes portadores de DPOC no Brasil
Palavra-chave Humanos
Atividades Cotidianas
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica
Reprodutibilidade dos Testes
Questionários
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 101 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 101 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23270

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta