Avaliação da expressão de pigment epithelium-derived factor (PEDF) em ratos submetidos à hipóxia intermitente

Avaliação da expressão de pigment epithelium-derived factor (PEDF) em ratos submetidos à hipóxia intermitente

Título alternativo Evaluation of the expression of Pigment Epithelium-Derived Factor (PEDF) in rats submitted to chronic intermittent hypoxia: Biochemical and cognitive consequences
Autor Julian, Guilherme Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Chagas, Jair Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo A apneia obstrutiva do sono (AOS) e caracterizada principalmente por hipoxia intermitente noturna, sendo relacionada com diversas complicacoes e patologias. O modelo de hipoxia intermitente (HI) cronica em roedores e um dos modelos animais mais utilizados para estudo da AOS e, assim como a AOS, causa diversas consequencias como declinio cognitivo e prejuizos neuronais. Pigment-Epithelium Derived Factor (PEDF) e descrito como um fator sensivel a hipoxia, com as atividades neurotrofica, neuroprotetora e anti-angiogenica. O presente estudo teve como objetivo avaliar aprendizado e memoria espacial e as expressoes genica e proteica de PEDF no SNC e no ventriculo esquerdo de ratos submetidos a HI, assim como avaliar os efeitos do retorno a normoxia, apos seis semanas de hipoxia. Alem de avaliar possiveis interacoes de PEDF e enzimas angiogenicas in vitro. Ratos machos Wistar foram submetidos a protocolos de HI (21 a 5% de concentracao de O2, com ciclos de 6 minutos) por seis semanas (grupo HI), e seis semanas de HI seguidas de duas semanas de recuperacao em normoxia (grupo Rb), ambos comparados com grupo controle (CTL). Em seguida, foram realizadas analises de aprendizado e memoria por Labirinto Aquatico de Morris, estabilidade de genes de referencia em diferentes estruturas cerebrais, expressoes genica e proteica de PEDF no hipotalamo, hipocampo e cortices frontal e temporal, alem do ventriculo esquerdo cardiaco. Alem disso, o estudo da interacao de calicreinas com PEDF e com seu fragmento peptidico 388-393 foi realizado atraves da incubacao das enzimas recombinantes com PEDF e seu fragmento 388-393, a atividade foi avaliada utilizando substratos fluorogenicos com supressao interna da fluorescencia. Com excecao de 18S, todos os genes de referencia avaliados se apresentaram estaveis aos protocolos de HI, porem, a classificacao dos genes se apresentou estrutura-dependente. Embora os modelos de HI nao tenham afetado memoria e aprendizado, a expressao genica de PEDF se apresentou aumentada seletivamente no cortex temporal dos grupos HI e Rb. Por outro lado, a expressao proteica de PEDF se manteve inalterada em todas as estruturas estudadas, assim como a expressao genica em hipotalamo, hipocampo, cortex frontal e ventriculo esquerdo. A incubacao realizada in vitro demonstrou que PEDF e seu fragmento peptidico aparentemente nao apresentam nenhuma interacao com as calicreinas tissular e plasmatica. O presente estudo demonstrou que os protocolos de HI afetam a estabilidade de genes de referencia, de maneira estrutura-dependente, no cerebro. Por outro lado, o protocolo de HI nao afetou os processos de aprendizado e memoria espacial, mas afetou a expressao de PEDF no cortex temporal, seletivamente no nivel transcripcional. Alem disso, nao ha indicacoes de que o mecanismo anti-angiogenico de PEDF envolva sua interacao com as calicreinas tissular e plasmatica
Assunto Animais
Síndromes da Apneia do Sono
Modelos Animais
Anóxia
Sono
Cognição
Ratos Wistar
Animais
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data 2014
Publicado em JULIAN, Guilherme Silva. Avaliação da expressão de Pigment Epithelium-Derived Factor (PEDF) em ratos submetidos à hipóxia intermitente: Consequências cognitivas e bioquímicas. 2014. 183 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 183 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23257

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: Tese-14417.pdf
Tamanho: 4.191Mb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)