O significado da inflamação medular em biópsias de enxerto renal para o diagnóstico de rejeição aguda celular

O significado da inflamação medular em biópsias de enxerto renal para o diagnóstico de rejeição aguda celular

Título alternativo The meaning of medullary inflammation in renal graft biopsies for the diagnosis of acute cellular rejection
Autor Visoná, Iria Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Franco, Marcello Fabiano de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Patologia – São Paulo
Resumo Objetivo: Determinar o papel da nefrite na regiao medular de biopsias de enxerto renal em pacientes com disfuncao aguda, pela comparacao do imunofenotipo das celulas inflamatorias presentes nas regioes cortical e medular, correlacionando com a resposta terapeutica para Rejeicao Aguda Celular (RAC). Metodo: Estudo retrospectivo de 113 biopsias por agulha de enxerto renal, divididas em dois grupos, de acordo com o local predominante de inflamacao: grupo Ncm, com nefrite concomitante nas regioes cortical e medular e grupo Nm, com nefrite apenas na regiao medular. A analise imuno-histoquimica (IHQ) das celulas que compoem os focos inflamatorios foi realizada, utilizando-se os anticorpos anti-CD4, CD8, CD20, CD68, CD138 para comparar os tipos de celulas nos dois compartimentos do enxerto. O acompanhamento clinico dos pacientes foi correlacionados com os achados morfologicos. Resultados: A imunofenotipagem das celulas foi semelhante nos focos inflamatorios cortical e medular, com predominio de linfocitos T citotoxicos (CD8) e macrofagos (CD68). Houve uma maior proporcao de macrofagos (CD68) no grupo Nm. A resposta terapeutica imunossupressora para RAC foi de 81,8% nos pacientes do grupo Ncm e de 63,6% nos do grupo Nm. Conclusao: A nefrite medular em biopsias de enxerto renal e composta predominantemente por linfocitos T e macrofagos, as mesmas celulas que fazem parte nos focos inflamatorios da cortical e que sao consideradas mediadoras da RAC. Um numero significativo de pacientes responderam a terapia imunossupressora, confirmando nossa hipotese de que a nefrite medular e indicativa de RAC
Palavra-chave Humanos
Transplante de Rim
Rejeição de Enxerto
Medula Renal
Biópsia por Agulha
Imuno-Histoquímica
Humanos
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Data de publicação 2013
Publicado em VISONÁ, Iria. O significado da inflamação medular em biópsias de enxerto renal para o diagnóstico de rejeição aguda celular. 2013. 72 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 72 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23247

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14407.pdf
Tamanho: 2.030MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta