Estudos dos mecanismos renoprotetores das células- ronco derivadas do tecido adiposo em modelos experimentais de doença renal crônica

Estudos dos mecanismos renoprotetores das células- ronco derivadas do tecido adiposo em modelos experimentais de doença renal crônica

Título alternativo Role of adipose tissue-derived stem cells in the progression of chronic renal disease
Autor Donizetti-Oliveira, Cassiano Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Câmara, Niels Olsen Saraiva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Nefrologia) – São Paulo
Resumo Atualmente cerca de 13% da populacao mundial e afetada por algum grau de doenca renal cronica, com um percentual de 45% de mortes atribuidas a desordens de carater fibrotico. Neste contexto, novas formas terapeuticas de tratamento se tornam imprescindiveis, como por exemplo, uso de terapia celular com celulas-tronco mesenquimais. Essas celulas podem ser obtidas do tecido-adiposo (CTAd) tornando-se possiveis terapias devido a sua facil obtencao e propriedades pro-regenerativas, principalmente as exercidas por acoes paracrinas. Portanto, neste presente trabalho analisamos o papel da CTAd na reducao da progressao da fibrose renal em dois modelos experimentais: 1) de isquemia e reperfusao renal unilateral severa (IR) e 2) de nefrite tubulo-intersticial (NTI). Inicialmente, as CTAd foram isoladas de camundongos C57BL/6j, e foram caracterizadas fenotipicamente e funcionalmente. Apos sua caracterizacao, as CTAds foram administradas por via intraperitoneal (2.105 celulas/animal) em diferentes tempos apos insulto inicial, e os animais foram avaliados 24 horas, 6 e 10 semanas apos a IR e 10 dias apos a inducao da NTI. No modelo de IR, no tempo de 24 horas, os animais tratados com CTAd apresentaram reduzida disfuncao renal e tubular e um aumento do processo regenerativo. Adicionalmente, a expressao renal de transcritos pro-inflamatorios (IL-6 e TNF) foi diminuida, enquanto que o nivel de moleculas antiinflamatorias e citoprotetoras (IL-4, IL-10 e HO-1) foram aumentadas. Apesar da melhora funcional, as CTAd nao foram observadas nos rins dos animais transplantados. Como esperado, apos 6 semanas de IR, os rins dos animais nao tratados retrairam, enquanto os rins dos animais tratados com CTAd permaneceram integros com menor deposicao de fibras de colageno do tipo 1 (Col-1) e menos expressao do marcador de fibrose FSP-1. A protecao renal observada em animais tratados com CTAd foi acompanhada por uma reducao nos niveis sericos de citocinas inflamatorias como TNF-α, KC, RANTES e IL-1a. No modelo de NTI o mesmo padrao foi observado, ou seja, os rins dos animais tratados apresentaram menor disfuncao renal com reduzida expressao de moleculas pro-inflamatorias (TNF-a e IL-6) e diminuicao da area fibrotica observada principalmente pela coloracao de Picrosirius e imunohistoquimica para marcadores pro-fibroticos como FSP-1 e Col-1. Surpreendentemente, quando avaliamos o tratamento das CTAd com 6 semanas de IR, periodo em que os animais ja apresentavam fibrose, foi constatado uma melhora nos parametros funcionais e menos fibrose e reducao da expressao de RNAm de Col-1 e vimentina, alem de menor expressao de FSP-1. Conclusivamente, nossos resultados demonstram que a terapia com CTAd pode afetar a progressao da fibrose renal, pela modulacao da resposta inflamatoria inicial. Acreditamos que essa protecao possa estar relacionada a modulacao dos mecanismos que governam a transicao epitelial/endotelio-mesenquimal. Esperamos que esse trabalho possa contribuir para a identificacao de potenciais vias de lesao ou de regeneracao, facilitando a sua traducao mais simples e rapida para a pratica clinica
Palavra-chave Animais
Células-Tronco
Lesão Renal Aguda
Insuficiência Renal Crônica
Inflamação
Fibrose
Camundongos Endogâmicos C57BL
Animais
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Data de publicação 2014
Publicado em DONIZETTI-OLIVEIRA, Cassiano. Estudos dos mecanismos renoprotetores das células- ronco derivadas do tecido adiposo em modelos experimentais de doença renal crônica. 2014. 106 f. Tese (Doutorado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 106 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23243

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14403.pdf
Tamanho: 3.801MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta