Restricao prolongada de sono no periodo pos-desmame

Restricao prolongada de sono no periodo pos-desmame

Título alternativo Chronic sleep restriction in the post-weaning period: later effects on metabolism
Autor Silva, Neila Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo A restricao de sono em criancas e adultos esta ligada a um desequilibrio no balanco energetico. Varios estudos epidemiologicos recentes correlacionam a restricao do tempo de sono com o aumento do indice de massa corporal (IMC), indicando que o encurtamento do tempo de sono pode ser um fator predisponente para o aparecimento da obesidade. A relacao entre sono e inGestão alimentar e amplamente demonstrada em animais, que se mostram hiperfagicos apos a privacao de sono e apresentam perda de massa corporal que e atribuida ao aumento do gasto energetico que ocorre durante a manipulacao. Objetivo: Estudar as possiveis alteracoes metabolicas devido a restricao prolongada de sono em ratos machos Wistar EPM-1 jovens. Metodos: Os animais foram divididos em dois grupos experimentais: CONTROLE (C) e RESTRITO (R). Durante os periodos experimentais, o peso corporal e a inGestão alimentar foram diariamente medidos. Apos estes periodos foi realizada a analise da composicao corporal e dosagens das gorduras plasmaticas, o calculo do balanco energetico para os periodos de recuperacao. Para analise estatistica foi utilizado ANOVA de duas vias complementada pelo teste de Newman-Keuls (p<0,05). Resultados: Durante o periodo de restricao de sono, houve reducao significativa no ganho de peso corporal dos animais restritos em relacao aos controles, provavelmente decorrente de um aumento no gasto energetico dos mesmos. Os animais restritos apresentaram reducao significativa do teor lipidico e aumento da porcentagem de agua, mostrando que o aumento do gasto energetico levou a uma acelerada utilizacao do tecido adiposo destes animais, alem de menor nivel plasmatico de triglicerides. Os animais restritos ingeriram menores quantidades de alimento que os animais controle nos periodos em que permaneceram nas gaiolas moradia, ja que estes utilizaram quase que a totalidade do tempo passado nesta gaiola para dormir, na tentativa de compensar a restricao de sono a que foram submetidos. Durante os 30 primeiros dias do periodo recuperacao, houve aumento no ganho de peso corporal e de energia dos animais restritos em relacao aos controles, nao havendo diferenca na inGestão alimentar total entre os dois grupos. Isto foi possivel devido a reducao do gasto energetico, como um mecanismo de conservacao de energia, e ao aumento na efiCiência metabolica por parte do grupo restrito, a fim de compensar o deficit adquirido durante a restricao de sono. Durante o segundo mes de recuperacao, nao houve diferencas no ganho de peso corporal, na inGestão alimentar total, e na composicao corporal, porem a efiCiência metabolica e o ganho de energia continuaram aumentadas, resultando numa tendencia de maior teor lipidico. Durante o ultimo mes de recuperacao, nao houve diferenca de peso corporal e inGestão alimentar entre os animais dos grupos, comprovando a recuperacao do deficit de crescimento. Porem, o ganho de energia continuou aumentada no grupo restrito, que tambem apresentou uma tendencia de maior efiCiência energetica e de maior teor lipidico. Conclusoes: 2 meses de recuperacao foram suficientes para a recuperacao total do deficit adquirido durante a restricao. Depois de recuperados, os animais restritos tendem a continuar estocando mais gordura corporal.
Palavra-chave Animais
Metabolismo Energético
Privação do Sono
Ratos Wistar
Composição Corporal
Animais
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 96 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 96 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23214

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta