Ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado sobre o efeito de uma mistura de fibras em crianças com constipação crônica controlada

Ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado sobre o efeito de uma mistura de fibras em crianças com constipação crônica controlada

Título alternativo A controlled, randomized, double-blind trial to evaluate the effect of a fiber mixture in children with controlled chronic constipation
Autor Weber, Thabata Koester Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Morais, Mauro Batista de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a eficacia clinica e o tempo de transito colonico (TTC) de uma mistura de fibras em criancas com constipacao cronica (CC) controlada apos retirada de laxante e enemas. Metodologia: Neste ensaio clinico randomizado, duplo-cego, controlado por placebo foram incluidas 54 pacientes de quatro a doze anos de idade com constipacao controlada em uso de baixa dosagem de laxante. A utilizacao do laxante foi interrompida quando os pacientes foram incluidos no ensayo clinico. Os pacientes foram randomizados em dois grupos para um periodo de quatro semanas de estudo. Um grupo recebeu uma mistura de fibras composta por seis diferentes tipos de fibras (frutooligossacarideos, inulina, goma arabica, amido resistente, polissacarideo de soja e celulose) e o outro um placebo (maltodextrina). O insucesso terapeutico foi considerado a medida primaria de resultado (necessidade de prescrever laxante oral ou enemas durante o ensayo clinico). Foram consideradas medidas secundarias de resultados a frequencia diaria das evacuacoes, a consistencia das fezes (baseadas na utilizacao da Escala de Bristol para avaliar o formato das fezes) e o tempo de transito colonico total e segmentar. Resultados: As quatro semanas do estudo foram completadas por 20/26 criancas que receberam a mistura de fibras e 24/28 que consumiram placebo. O insucesso terapeutico foi observado em 34,6% (9/26) dos pacientes do grupo mistura de fibras e em 35,7% (10/28) do grupo controle (p=0,933). O incremento medio do aumento da frequencia evacuatoria diaria total do grupo mistura de fibras e controle foram durante o periodo todo de quatro semanas, respectivamente, 0,53 e 0,23 (p=0,014). Os pacientes que receberam a mistura de fibras (60,0%) apresentaram fezes nao endurecidas com maior frequencia comparado aqueles que receberam placebo (16,7%; p=0,003). Nao foi encontrada diferenca entre o tempo de transito colonico total (mediana igual a 50 horas em ambos os grupos) e segmentar. Nenhum efeito adverso grave foi registrado. Conclusao: A mistura de fibras nao preveniu a suspensao definitiva do uso de laxantes ou proporcionou uma reducao do TTC; no entanto, favoreceu o incremento da frequencia evacuatoria e melhorou a consistencia das fezes
Palavra-chave Fibras na dieta
Constipação intestinal
Trânsito gastrointestinal
Pré-escolar
Criança
Dietary fiber
Constipation
Gastrointestinal transit
Child, preschool
Child
Idioma Português
Data de publicação 2011
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2011. 141 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 141 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23209

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta