Ações de educação em Saúde: a perspectiva dos agentes comunitários de saúde no município de Altamira/PA

Ações de educação em Saúde: a perspectiva dos agentes comunitários de saúde no município de Altamira/PA

Título alternativo The actions of Health Education: the community health agent in the city of Altamira - Para
Autor Freitas, Lagerson Mauad Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Ruiz-Moreno, Lídia Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em ciências da saúde – São Paulo
Resumo Estudos no contexto do Sistema Unico de Saúde (SUS) podem contribuir para a superacao de barreiras, tais como o deficit de profissionais que trabalham diretamente nas acoes primarias em Saúde no ambito comunitario. A expansao da Estrategia Saúde da Familia coloca em destaque o Agente Comunitario de Saúde (ACS) na condicao de importante ator social na viabilizacao do sistema de Saúde. O objetivo geral desta pesquisa foi analisar as praticas de educacao em Saúde desenvolvidas pelo ACS nas equipes de Saúde da Familia, no municipio de Altamira/PA. Os objetivos especificos compreenderam conhecer o perfil socio economico do ACS, caracterizar seu trabalho em relacao as atribuicoes previstas na legislacao, identificar as necessidades de formacao do ACS, mapear as praticas educativas desenvolvidas na comunidade, identificar as facilidades/dificuldades para desenvolver as acoes educativas. Metodologia: estudo descritivo-exploratorio com abordagem qualitativa. Para a coleta de dados foi utilizado questionario semi-estruturado aplicado a 63 ACS do municipio de Altamira/Para; os dados foram analisados segundo o metodo de analise de conteudo u tipo tematico. A analise focalizou perfil socioeconomico, atribuicoes legais, formacao do ACS e praticas educativas desenvolvidas na comunidade. Resultados: Os dados sobre o perfil socioeconomico dos ACS evidenciaram a proximidade com o publico-alvo atendido no servico de Saúde. Os agentes atendem a maioria das atribuicoes legais previstas para seu trabalho na comunidade. As demandas de formacao referem-se a conhecimentos especificos sobre alcool e drogas e vigilancia em Saúde, procedimentos tecnicos de Saúde, comunicacao, relacionamento interpessoal, etica e identidade do ACS. As acoes educativas na comunidade compreendem palestras e visitas domiciliares. Os ACS citam um amplo leque de dificuldades para o desenvolvimento dessas acoes como: deficit na gestao/politica (curso de formacao e infraestrutura), perfil inadequado da equipe de Saúde, escassa interface com a comunidade e falta de parceria entre a secretaria de Saúde e a universidade. Como facilidades para essas acoes, expuseram: apoio dos gestores, efetiva interacao com a comunidade, e boa relacao entre os profissionais da equipe de Saúde. Conclusoes: Observa-se a importancia da normatizacao do processo de formacao do ACS de forma a oferecer subsidios para o desenvolvimento de acoes educativas dialogicas, valorizacao do relevante papel de elo do ACS entre a comunidade e a equipe de Saúde da ESF no sentido de valorizar esse profissional que ocupa um espaco estrategico nas politicas brasileiras de atencao a Saúde
Palavra-chave Educação em Saúde
Agentes Comunitários de Saúde
Exposições Educativas
Atenção Primária à Saúde
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 154 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 154 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23197

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta