Estudo de expressão gênica nos mecanismos de manutenção de telômeros e de remodelação óssea em osteossarcoma

Estudo de expressão gênica nos mecanismos de manutenção de telômeros e de remodelação óssea em osteossarcoma

Título alternativo Titulo em Ingles: Gene expression profile in the telomere maintenance and bone remodeling mechanisms in osteossarcoma
Autor Oliveira, Indhira Dias Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Toledo, Silvia Regina Caminada de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo O osteossarcoma (OS) e o tumor osseo maligno mais comum entre crianca e adolescentes. Aproximadamente 15% a 20% dos pacientes com OS apresentam doenca metastatica ao diagnostico. Em relacao ao tratamento do OS, apesar do avanco nas ultimas decadas, o progresso do mesmo chegou a um plateu e o foco das pesquisas tem se voltado para um maior entendimento a respeito da biologia basica do OS. Decadas de estudos tem sido investidas para a melhor compreensao da genetica e biologia do OS, no entanto, ainda hoje a sua etiologia e desconhecida. O OS e caracterizado pelo alto nivel de instabilidade genomica, em particular uma subcategoria conhecida como instabilidade cromossomica (CIN). A manutencao de telomero e uma potencial fonte de instabilidade, tipica em OS, e esta relacionada a capacidade proliferativa ilimitada, que e uma marca registrada das celulas tumorais. Muitos estudos tem investigado os niveis de expressao de proteinas associadas ao telomero, em amostras tumorais, comparando-os com tecido nao tumorais, ou mesmo, com diferentes estagios do desenvolvimento neoplasico. Entre estas moleculas, TERF2 e um mecanismo chave, com importante propriedade anti-tumoral. Neste estudo nos comparamos os niveis de expressao genica de TERF2 em 30 amostras pareadas de OS, pre e pos-quimioterapia. Foi observado que no grupo de pacientes que nao apresentavam recidiva ou progressao de doenca, os niveis de TERF2 foram significantemente mais baixos nas amostras pos-quimioterapia. Nas ultimas decadas, aumento de interesse tem sido dedicado para a importancia do estroma na regulacao do comportamento da celula tumoral. Por isso, estudos que tem como alvo o microambiente tumoral osseo tem representado uma possibilidade de desenvolvimento de terapias para o OS. Assim como observado nas metastases osseas, tem sido sugerido um ciclo vicioso entre osteoclastos, celulas estromais osseas/osteoblastos e celulas tumorais durante a progressao dos tumores osseos primarios, incluindo o OS. Neste estudo, nos quantificamos a expressao de genes envolvidos com o mecanismo de remodelacao ossea em OS e observamos que o aumento de expressao do gene BMP7 e a diminuicao da expressao do COL11A2, em fragmentos tumorais de OS, foram correlacionados com melhor sobrevida dos pacientes. As alteracoes observadas nos niveis de expressao de genes envolvidos nos mecanismos de manutencao de telomeros e de remodelacao ossea, em amostras tumorais de osteossarcoma, foram correlacionadas com parametros clinico-patologicos dos pacientes e sugerem que esses mecanismos estao envolvidos com a biologia deste tumor
Palavra-chave /genética
Osteossarcoma
Telômero
Proteína 2 de ligação a repetições teloméricas
Resistencia a medicamentos antineoplásicos
Remodelação óssea
Proteína morfogenética óssea 7
Colágeno tipo XI
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. ix, p49 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 49 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23188

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta