Avaliacao histopatologica do cancer no rim perfundido com solucao salina hipertonica

Avaliacao histopatologica do cancer no rim perfundido com solucao salina hipertonica

Título alternativo Titulo em Ingles: Histological evaluation of renal tumor after hypertonic saline solution perfusion
Autor Manzano, Joao Padua Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Introdução e Objetivos: Atualmente a laparoscopia e a via de acesso preferencial para a realizacao de nefrectomia, porem nao ha consenso sobre como remover o rim da cavidade abdominal. Estudos previos foram realizados para o desenvolvimento de nova tecnica de reducao renal dentro da cavidade, utilizando-se perfusao com solucao salina hipertonica a 5%. Esta tecnica proporcionou reducao do rim em 18% e da incisao para sua retirada em 40%. O presente estudo tem como objetivo determinar se ha diferenca histopatologica no tumor renal submetido a perfusao com solucao salina hipertonica a 5% e avaliar o liquido drenado pela veia renal pos-perfusao quanto a presenca de celulas neoplasicas. Material e metodo: Foram estudados especimes cirurgicos retirados intactos de 21 pacientes submetidos a nefrectomia radical por tumor renal. A idade media foi de 55 anos (27-69), 10 homens e 11 mulheres e o tamanho medio dos tumores foi de 6,18cm (2,5-10). Uma seccao de aproximadamente 0,5 cm de largura foi extraida imediatamente apos a retirada do orgao da cavidade abdominal e fixada em formalina a 10%. O especime foi submetido a infusao, pela arteria renal, de 500ml de solucao salina a 5% sob pressao aproximada de 50cm de agua. Os primeiros 20ml drenados pela veia foram coletados, armazenados em alcool a 70% e submetidos a estudo citologico. Apos a perfusao o material fixado em formalina e encaminhado para analise histopatologica. Os parametros oncologicos estudados foram: subtipo histologico, grau de Fuhrman, necrose e invasao microvascular. Resultados: Carcinoma de celulas renais convencional foi encontrado em 81% dos casos (17/21), carcinoma renal cromofobo em 9,5% (2/21), papilifero tipo II e oncocitoma em um caso cada (4,8%). Houve concordancia em 100% dos casos quanto ao tipo histologico, e nao houve diferenca significativa quanto a presenca de necrose, invasao microvascular e grau de Fuhrman antes e apos a perfusao. O liquido drenado pela veia renal nao apresentou celulas neoplasicas ao estudo citologico. Conclusao: A perfusao renal com solucao salina hipertonica a 5%, com o objetivo de proporcionar reducao do volume renal, nao alterou significativamente o quadro histopatologica dos tumores renais, assim como a citologia do lavado drenado pela veia renal mostrou-se negativa para celulas neoplasicas
Palavra-chave Neoplasias Renais
Nefrectomia
Laparoscopia
Adulto
Idioma Português
Data de publicação 2010
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2010. 47 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 47 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23186

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta