Estudo dos níveis e da administração de ômega-3 na dependência de nicotina

Estudo dos níveis e da administração de ômega-3 na dependência de nicotina

Título alternativo Titulo em ingles: Studying the levels and the administration of omega-3 fatty acids on nicotine dependence
Autor Zaparoli, Juçara Xavier Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Galduróz, José Carlos Fernandes Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Psicobiologia – São Paulo
Resumo Objetivo: Inicialmente avaliar os efeitos da exposicao em longo prazo a fumaca do cigarro na peroxidacao lipidica, em especial aos acidos graxos da serie omega-3 de tabagistas saudaveis, atraves da quantificacao plasmatica dos principais representantes destes acidos graxos. Em um segundo momento, investigar os efeitos do tratamento da compulsao e dependencia de nicotina de tabagistas saudaveis por meio de um suplementacao alimentar com omega-3. Metodos: Esta pesquisa compreendeu dois estudos. O primeiro estudo consistiu em uma avaliacao transversal no qual comparou-se os niveis de omega-3 de uma amostra de 171 fumantes e nao fumantes, pareada para idade, sexo, altura, peso e indice de massa corporal. O tratamento consistiu em um estudo clinico, duplo-cego, randomizado, placebo controlado, no qual 39 tabagistas saudaveis receberam tratamento diario (capsulas com 3g de oleo de peixe (fonte de omega-3) ou oleo mineral (como placebo) por 90 dias. A avaliacao do efeito do tratamento foi realizada utilizando medidas psicometricas e biologicas, incluindo auto-relato de consumo. As avaliacoes foram realizadas no inicio do tratamento e mensalmente. Resultados: A avaliacao do perfil lipidico da serie omega-3 demonstrou que os fumantes possuem concentracoes inferiores de um dos representantes da serie omega-3, o acido docosahexaenoico, um dos principais lipidios com acao no Sistema Nervoso Central. Apos o termino da intervencao clinica o grupo tratado com omega-3 apresentou reducao significativa nas avaliacoes dos niveis de dependencia, contudo sem alteracoes nas demais avaliacoes utilizadas ao longo do tratamento. Conclusao: Tabagistas possuem concentracoes perifericas reduzidas de omega-3, o que pode refletir alteracoes dos niveis deste composto em todo o organismo e comprometer o funcionamento normal de diferentes sistemas, tendo como um exemplo o sistema de neurotransmissao dopaminergica. Por sua vez, o tratamento com 3g/dia de omega-3 por 90 dias ocasionou reducao no nivel da dependencia de nicotina, contudo nao apresentou melhoras nos demais parametros analisados, bem como nao resultou na cessacao do consumo de cigarros
Palavra-chave Hábito de Fumar/terapia
Transtorno por Uso de Tabaco
Ácidos Graxos Insaturados
Ácidos Graxos Ômega-3
Ácido Eicosapentaenoico
Ácidos Docosa-Hexaenoicos
Óleos de Peixe
Idioma Português
Financiador Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Associação Fundo de Incentivo à Psicofarmacologia (AFIP)
Data de publicação 2014
Publicado em ZAPAROLI, Juçara Xavier. Estudo dos níveis e da administração de ômega-3 na dependência de nicotina. 2014. 135 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 134 p.
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23185

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14237.pdf
Tamanho: 2.204MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta