Resistência a insulina em crianças e adolescentes obesos

Resistência a insulina em crianças e adolescentes obesos

Título alternativo Insulin resistance in obese children and adolescents: relationship with clinical, biochemical and anthropometric variables
Autor Romualdo, Monica Cristina dos Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Nóbrega, Fernando José de Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivo: Avaliar a presenca de resistencia a insulina e sua relacao com outras alteracoes metabolicas, em criancas e adolescentes obesos. Metodos: Estudo retrospectivo de 220 criancas e adolescentes de 05 a 14 anos. Realizaram-se avaliacoes antropometricas (peso, estatura e circunferencia abdominal), clinicas (sexo, idade, estagio puberal e grau de obesidade) e bioquimicas (glicemia, insulina, colesterol total e fracoes, triglicerideos). A resistencia a insulina foi identificada pelo indice HOMA-IR. A analise das diferencas entre as variaveis de interesse e os quartis do HOMA-IR foi realizada pelos testes ANOVA ou Kruskal-Wallis. Resultados: A resistencia a insulina foi diagnosticada em 33,20% da amostra. Associou-se a niveis baixos de HDL-C (p=0,044), medida da circunferencia abdominal aumentada (p=0,030) e ao conjunto de alteracoes clinicas e metabolicas (p=0,000). Os individuos resistentes apresentaram maiores medias de idade (p=0,000), IMC (p=0,000), medida da circunferencia abdominal (p=0,000) e maiores medianas de triglicerideos (p=0,001), colesterol total (p≤0,042), LDL-C (p≤0,027) e menores de HDL-C (p=0,005). Houve aumento das medias de IMC (p=0,000), medida da circunferencia abdominal (p=0,000) e mediana de triglicerideos (p=0,002) a medida que os valores do HOMA-IR se elevavam, com excecao dos niveis de HDL-C que diminuiram (p=0,001). Aqueles que apresentaram o maior conjunto de alteracoes simultaneas estavam entre o segundo e terceiro quartis do HOMA-IR (p=0,000). Conclusao: Os resultados confirmaram que a resistencia a insulina esta presente em muitas criancas e em muitos adolescentes obesos e que esta condicao associase a alteracoes que representam aumento do risco para o desenvolvimento de disturbios metabolicos na maturidade
Palavra-chave Humanos
Criança
Adolescente
Obesidade
Resistência à insulina
Pesos e medidas corporais
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2013. 133 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 133 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23181

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta