Efeitos da poluição do ar de São Paulo nas vias aéreas superiores de jovens praticantes de corrida

Efeitos da poluição do ar de São Paulo nas vias aéreas superiores de jovens praticantes de corrida

Autor Sá, Matheus Cavalcante de Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Vaisberg, Mauro Walter Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Otorrinolaringologia) – São Paulo
Resumo Diversos sao os efeitos deleterios na Saúde humana ocasionados pela poluicao do ar nas grandes cidades. O presente estudo procurou investigar os efeitos agudos da poluicao atmosferica nas vias aereas superiores em homens, fisicamente ativos, praticantes de corrida em diferentes regioes da area metropolitana na cidade de São Paulo, comparando areas muito poluidas com areas com menores concentracoes de poluentes. Quarenta voluntarios foram submetidos ao mesmo treinamento de corrida (7,5 km de distancia a uma velocidade de 10 km/h) e, de forma cruzada e aleatoria, durante uma semana, executaram o mesmo protocolo em dois locais distintos: Circuito de Vias Urbanas (CVU) e Circuito Reserva Florestal (CRF); e foram avaliados em tres comparacao: agudamente, no primeiro dia de corrida, antes e depois da corrida (SegA vs. SegD), no ultimo dia de corrida (SexA vs. SexD) e de forma subcronica, comparado o basal do 1 dia com o final da corrida do ultimo dia (SegA vs. SexD). Foram medidos os niveis de ozonio (O3), dioxido de nitrogenio (NO2) e material particulado fino (PM2,5) em ambos os locais. De cada participante foi analisado o pH do condensado do ar exalado (pH EBC), o pH do lavado nasal (pH LN), o tempo de transporte muco ciliar (TMC), a contagem de celulas totais e diferencial, assim como as citocinas IL-4, IL-6, IL-8, IL-10 e TNF-α. Foi constatada uma presenca maior de PM2,5 e NO2 no CVU comparado ao CRF. Ja os niveis de O3 foram maiores no CRF. O TMC apresentou aumento significativo no CVU comparado ao CRF no ultimo dia de corrida. Os resultados sugerem que um ambiente com maior presenca de poluentes causa uma maior irritabilidade no trato respiratorio superior. Eleger um local livre de poluentes para a pratica de atividade fisica surge como uma alternativa para se obter beneficios a Saúde
Palavra-chave Humanos
Masculino
Poluição do Ar/efeitos adversos
Ventilação Voluntária Máxima
Corrida
Desempenho Atlético/fisiologia
Monitoramento Ambiental
Humanos
Masculino
Idioma Português
Data de publicação 2014
Publicado em SÁ, Matheus Cavalcante de . Efeitos da poluição do ar de São Paulo nas vias aéreas superiores de jovens praticantes de corrida. 2014. 53 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2014.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 52 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23176

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14438.pdf
Tamanho: 352.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta