Relação entre economia de corrida e perfil imunológico em maratonistas

Relação entre economia de corrida e perfil imunológico em maratonistas

Título alternativo Relationship between running economy in immune profile of marathon runners
Autor Luna Junior, Luiz Antonio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Vaisberg, Mauro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Otorrinolaringologia) – São Paulo
Resumo A economia de corrida e definida como oa taxa de consumo de oxigenio necessaria para correr a uma dada velocidadeo e expressa a relacao entre gasto energetico e o trabalho realizado. Todavia, ajustes no volume e intensidade dos treinos para melhorar a performance do atleta pode resultar em diferentes graus de microtraumas desencadeando uma resposta inflamatoria. O objetivo deste trabalho foi investigar a correlacao entre o perfil imunologico, induzido pelo exercicio extenuante, com a economia de corrida avaliada em maratonistas em repouso e apos a maratona. Vinte e dois maratonistas que participaram da maratona internacional de São Paulo de 2012 realizaram teste cardiopulmonar incremental, teste de economia de corrida e coleta de sangue pre, imediatamente apos e 72hs apos a maratona para analise do perfil de citocinas. A IL-6 teve uma significativa correlacao positiva com a economia de corrida dos maratonistas (p<0,05). Nao houve correlacao entre as citocinas IL-1&#946;, IL-4, IL-8, IL-10 e TNF-&#945; pre, imediatamente apos e 72hs apos a maratona e a EC dos maratonistas, assim como, o tempo de chegada da maratona nao teve correlacao com a EC dos maratonistas. Desta forma nossos resultados sugerem que corredores mais economicos sao menos inflamados que corredores menos economicos
Palavra-chave Humanos
Corrida/fisiologia
Consumo de Oxigênio/imunologia
Citocinas/imunologia
Desempenho Atlético
Exercício
Humanos
Idioma Português
Data de publicação 2013
Publicado em LUNA JUNIOR, Luiz Antonio. Relação entre economia de corrida e perfil imunológico em maratonistas. 2013. 49 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo. São Paulo, 2013.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 48 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23164

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: Tese-14436.pdf
Tamanho: 722.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta