Traducao e avaliacao da confiabilidade do questionario oPediatric Quality of Life Inventory-Multidimensional Fatigue Scaleo (Escala Multidimensional de Fadiga) para mensuracao de fadiga / cansaco em criancas e adolescentes

Traducao e avaliacao da confiabilidade do questionario oPediatric Quality of Life Inventory-Multidimensional Fatigue Scaleo (Escala Multidimensional de Fadiga) para mensuracao de fadiga / cansaco em criancas e adolescentes

Título alternativo Evaluation of the reliability of the Brazilian version of the questionnaire oPediatric Quality of Life Inventory-Multidimensional Fatigue Scaleo for measurement of fatigue/tiredness in hildren/adolescents
Autor Paulo, Luciana Tudech Salgueiro Pedro Autor UNIFESP Google Scholar
Resumo Objetivos. 1) Traduzir e avaliar a confiabilidade do questionario Pediatric Quality of Life Inventory -Multidimensional Fatigue Scale / Inventario de Qualidade de Vida Pediatrico u Modulo Multidimensional de Fadiga (PedsQL-Fadiga) para o idioma portugues e para a cultura brasileira e 2) Mensurar a fadiga em pacientes com artrite idiopatica juvenil (AIJ). Metodos. A metodologia utilizada foi a proposta pelos autores da versao original do questionario: 1) Traducao por dois pesquisadores bilingues, 2) Traducao reversa para o ingles com avaliacao dos autores da versao original, 3) Estudo piloto com 5 pacientes acompanhados no ambulatorio de Reumatologia Pediatrica e seus pais e 4) Estudo de campo e avaliacao das propriedades de medida (consistencia interna, reprodutibilidade e validade construida). Nesta etapa o questionario foi administrado em 67 pacientes com artrite idiopatica juvenil e 63 controles saudaveis, com idades entre 2 e 18 anos, pareados por faixas etarias (2 a 4, 5 a 7, 8 a 12 e 13 a 18 anos). Resultados. O coeficiente alfa de Cronbach variou de 0,6 a 0,8 para criancas e seus pais, indicando uma boa consistencia interna do instrumento. A validade construida do questionario foi confirmada por um coeficiente de Spearman satisfatorio entre o PedsQL-Fadiga e o questionario generico PedsQL 4.0 (0,840 para as criancas e 0,742 para os pais). A reprodutibilidade tambem foi adequada (0,764 para as criancas e 0,938 para os pais). O instrumento foi de facil aplicacao e nao diferenciou a fadiga entre os grupos AIJ e controle; no entanto foi possivel observar menores escores de fadiga nos pacientes com AIJ em atividade clinica quando comparados com aqueles sem atividade clinica. Conclusao. A versao brasileira do questionario mostrou-se valida e confiavel tanto para pacientes com AIJ como para criancas saudaveis
Palavra-chave Humanos
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Artrite Juvenil
Fadiga
Humanos
Pré-Escolar
Criança
Adolescente
Idioma Português
Data de publicação 2012
Publicado em São Paulo: [s.n.], 2012. 41 p.
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 41 p.
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/23150

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta